Treinamento aos Profissionais de RH do DAEE em Ponte Nova.

02/12/2013 às 13:02 | Publicado em Sem categoria | 1 Comentário
Tags: ,

Este slideshow necessita de JavaScript.

Foi realizado de 25 a 27/11 o “VI Encontro dos Profissionais de RH do DAEE”, contando com a participação de servidores da Capital e das unidades descentralizadas.

O Encontro realizado pelo sexto ano consecutivo, contou com a participação de 35 profissionais e o local escolhido para sua realização foi a Barragem de Ponte Nova em Salesópolis, já que o mesmo dispõe de infraestrutura de alojamento e ainda muito espaço, área verde, sendo possível ainda a utilização da área externa para as atividades.

O tema deste ano: “Trabalhando sob pressão” foi ministrado pela consultora Wilma da EOC Training – Educação Corporativa com carga horária de 16 horas. A viabilização da consultoria deu-se através da parceria DAEE/COOPERHIDRO/SESCOOP/SP.

Durante dois dias foram realizadas diversas atividades “in door” e “out door”, vivências, filmes aprofundando-se o tema, e fazendo com que todos os participantes refletissem sua rotina diária e ferramentas para seu trabalho.

A educadora física Angêla Maria de Souza, aproveitou para fazer o grupo se exercitar aplicando exercícios de combat aeróbicos, o que fez o grupo se animar muito.

A final do treinamento o grupo aproveitou para conhecer um pouco sobre a barragem de Ponte Nova, após algumas explanações do Eng. Jossemar – Diretor das barragens e depois indo conhecer a área de piscicultura, com orientações sobre este trabalho Continue Reading Treinamento aos Profissionais de RH do DAEE em Ponte Nova….

Pousada de Ponte Nova – Lazer, comida caseira, natureza, relax, por Debora A. Rodrigues.

30/01/2012 às 13:20 | Publicado em ADAEE | 9 Comentários
Tags:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Debora Aparecida Rodrigues, 34 anos, é casada, têm 03 filhos e atua na ADAEE – Associação dos Servidores do DAEE.

Não a confundam com aquela ex- sem terra, que agora está atuando na Band no seriado Mulheres Ricas. Nossa Debora é nascida em Salesópolis e  atua como Gerente da Pousada de Ponte Nova, desde 2002, essa “tem que suar a camisa no seu dia a dia”.  Ficou por um período afastada junto a Prefeitura de Salesópolis, (foi sub prefeita) de 2009 a 2011, mas felizmente retornou ao que gosta de fazer: gerenciar a Pousada de Ponte Nova, organizar eventos, festas, etc.,  e atender nossos sócios (da ADAEE).

Inicialmente começou seus trabalhos no DAEE junto a um programa da Secretaria de Emprego e Relações do Trabalho – SERT,  denominado Frente de Trabalho. Atuando na Barragem de Ponte Nova, com Panca (Antônio Rodrigues de Camargo Neto)  logo começou a atuar na pousada onde ganhou sua confiança e começou a assumir mais responsabilidades que as demais bolsistas. Com o término do contrato da SERT, e por ter um perfil proativo, empreendedora, comunicativa, desembaraçada foi convidada a fazer parte do time da ADAEE.  Depois da aposentadoria do Panca, passou a atuar com o Eng. Luiz Carlos Miya – Diretor das Barragens,  outro parceiro excelente que também a apoiava nas atividades e manutenção da pousada, quando possível. Tornaram-se grandes amigos e ela sentiu muito sua ausência, com o falecimento dele em 2011.

Mas voltando a pousada, juntamente com o Castelo – cozinheiro da Pousada passou a gerenciar  o local e a cuidar para que a pousada pudesse receber os hospedes de uma forma  cada vez melhor. As vezes aparece até algum cantor sertanejo ou da localidade para alegrar os hospedes Continue Reading Pousada de Ponte Nova – Lazer, comida caseira, natureza, relax, por Debora A. Rodrigues….

Piscicultura na Barragem de Ponte Nova – Um trabalho com “saberes” intergeracional, por Milton N. De Santana e Marcos Daniel R. De Faria

23/01/2012 às 12:14 | Publicado em Sem categoria | 1 Comentário
Tags: ,

Este slideshow necessita de JavaScript.

Estivemos na barragem de Ponte Nova, no dia 17/1/2012, para conhecer o trabalho da piscicultura, realizado pela equipe da DEO (Diretoria da Engenharia e Obras) dentro da Barragem de Ponte Nova.  O trabalho basicamente é a reprodução de espécies nativas de peixe da região do Alto Tietê para repovoamento dos rios.

Primeiramente a equipe é formada por dois técnicos: Milton Nunes de Santana, (conhecido também como Miltão) admitido no DAEE em 26/10/1973, portanto com 38 anos de serviços prestados à Autarquia, hoje com 60 anos, e Marcos Daniel Reno de Faria, biólogo admitido em 2010, com 28 anos. Ambos nascidos e crescidos na região de Biritiba Mirim e Salesópolis.

Milton comenta que começou suas atividades no DAEE, em 1973, fazendo valetas e atuando no serviço pesado, braçal. Depois com alguma sorte, foi atuar no refeitório de Ponte Nova atendendo os servidores, e depois começou também a atuar no refeitório da pousada de Ponte Nova aos finais de semana. Como pelo fato dele trabalhar nos finais de semana na Pousada, fez com que perdesse suas horas de plantão, optou por se transferir para Barragem de Penha onde atuou por um período. Ali garantiria o seu sustento, trabalho e horas extras, já que isto era peculiar às atividades da unidade.

Porém com a ida do Panca (Antonio Rodrigues de Camargo Neto) para Ponte Nova, por volta dos anos 2000, foi convidado por ele para retornar a Ponte Nova. Gostava de atuar com Panca e também de atuar na região mais próxima a sua casa. Nesta época estava se iniciando, esta área de piscicultura, ele foi convidado para um curso realizado nas Centrais Elétricas de São Paulo – CESP em Paraibuna, sobre o tema.

Participou por uma semana deste curso, juntamente com o Vinicius Benedito de Faria  – Biólogo da área de Gestão Ambiental da DEO (atualmente em Taubaté).   Ele já tinha conhecimento prático sobre o assunto, mas como bom pescador adorou conhecer mais sobre peixes.

Depois do curso, caberia ao Vinicius ficar na DEO/Assessoria de Gestão Ambiental – São Paulo cuidando da parte técnica e administrativa desta área, entre outros temas, e a ele a parte prática do negócio, ou seja, montar e cuidar da piscicultura, cuidando e tratando do assunto, numa sala e tanques dentro da barragem de Ponte Nova. Tratava do manejo dos peixes, desova, aplicação de hormônios (com auxílio de alunos da Prof.ª Drª Renata Guimarães), reprodução e soltura dos Continue Reading Piscicultura na Barragem de Ponte Nova – Um trabalho com “saberes” intergeracional, por Milton N. De Santana e Marcos Daniel R. De Faria…

O Radar Meteorológico e o SAISP – Sistema de Alerta às Inundações no Estado de São Paulo

19/02/2010 às 17:13 | Publicado em Sem categoria | 2 Comentários
Tags: , ,

O Radar Meteorológico localizado na Barragem de Ponte Nova:

A barragem de Ponte Nova, localizada no município de Biritiba Mirim, Estado de São Paulo, foi o local escolhido para a instalação do radar de São Paulo. Instalado em 1988 na barragem de Ponte Nova (município de Biritiba-Mirim) cabeceria do Rio Tietê, o raio de cobertura do radar é de 240 km, com resolução de 2×2 km ou com raio de 120km com resolução de 1×1 km.

Na época, estudos comparativos avaliaram duas áreas possíveis para a implantação: Morro do Anemógrafo e Marco Gegran. Foram realizados levantamentos para avaliar as interferências existentes nos dois casos. Em função deste estudo, concluiu-se pelo local mais apropriado para a implantação do radar: o Marco Gegran, o radar foi instalado nas seguintes coordenadas:

latitude: x = 400,80 km (23º 36‘ 00? S)

longitude: y = 7.389,70 Km (45º 58É 20? W)

altitude: z = 916 metros (DATUM IGG)

A torre do radar é metálica, e possui 9 metros de altura. Ela suporta a antena do radar banda S (comprimento de onda alpha = 10 cm)

O local onde está instalado o radar é sujeito a grandes descargas atmosféricas, que provocaram, durante a fase de operação experimental, várias avarias nos equipamentos de operação do radar. Para solucionar esse problema, foi projetada pelo Departamento de Engenharia Elétrica da Escola Politécnica da USP uma gaiola de Faraday. Esta gaiola, construída em 1989, abrange as salas do radar e de operação do sistema. É composta por uma tela blindada e as aberturas são isoladas por portas de aço. As entradas e saídas elétricas, telefônicas e fiação de controle da antena são protegidas por centelhadores e pára-raios de linha, que estão eficientemente aterrados. Para a proteção do prédio e o anexo onde se encontra o sistema de “no-break” foi projetada e executada uma pseudo-gaiola de Faraday. Com essas providências, os danos foram reduzidos ao mínimo e a operação e eficiência do sistema foram aumentadas com a redução significativa de manutenção dos equipamentos.

CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS:

Radar Banda S

Freqüência:  2.7 a 2.9 GHz

Marshall – Palmer:  Z=200R1,6 (1947)

O princípio de funcionamento do radar meteorológico é análogo ao sistema de navegação de um morcego. O morcego emite sons de alta freqüência que ao serem interceptados por obstáculos retornam ao ouvido do morcego. Quanto mais rápido o som retornar, mais perto estará o obstáculo e quanto mais distante este estiver, mais demorado será o retorno. Desta forma, o morcego é capaz de avaliar a distância ao obstáculo e se desviar do mesmo antes da colisão. Continue Reading O Radar Meteorológico e o SAISP – Sistema de Alerta às Inundações no Estado de São Paulo…

Ponte Nova, Pescaria, “Panca” e o Programa Social de Arrecadação de Alimentos – Os 4’p(s)da Solidariedade.

18/01/2010 às 11:40 | Publicado em Sem categoria | 11 Comentários
Tags: ,

Antonio Rodrigues de Camargo Neto (Panca)Miltinho e José GonçalvesNo dia 13/01/2010 os servidores Milton Martins – Responsável pela Barragem de Ponte Nova e José Gonçalves Neto, motorista, ambos lotados na Barragem de Ponte Nova, trouxeram a unidade de Recursos Humanos do DAEE, 205 kilos de alimentos arrecadados através de Programa Social, com recolhimento de alimentos doados por  pescadores. Os alimentos  têm como destino a Campanha do DAEE de Arrecadação de Doações que serão enviadas à  Cidade de São Luiz do Paraitinga,  devastada pelas chuvas  neste início de ano e que está sendo reconstruída com apoio do Governo e também com a solidariedade da população.

A parceria da Unidade de Recursos Humanos do DAEE com a Diretoria de Bacia do Paraíba e Litoral Norte, proporcionará a otimização de esforços no sentido de auxiliar e se solidarizar com os atingidos pelas enchentes.

As doações da Barragem de Ponte Nova vêm do  “Programa de Arrecadação de Alimentos” doados por Pescadores da Barragem. Este Programa teve inicio em 2001, por iniciativa de Antonio Rodrigues de Camargo Neto –  “Panca” como é chamado pelos amigos e companheiros do DAEE, que na época era o administrador da Barragem. Atualmente aposentado, Panca continua na ativa na área de hotelaria e reside na região de Salesópolis. Panca sempre teve uma preocupação com o social e era muito empreendedor e criativo nesta área. Iniciou sua carreira no DAEE no estaleiro em Mogi das Cruzes, onde chegou a montar uma cooperativa de consumo na década de 80, depois disto, atuou na BAT como Diretor de Recursos Humanos, como diretor nas áreas de Licitação e finalizou sua carreira como Diretor da Divisão Técnica de Recursos Humanos do DAEE.

Sempre foi um excelente gestor de pessoas, aproveitando o potencial de todos e segundo ele sempre aprendendo com seus colaboradores e,  por fim, por onde passou deixou muitos amigos e idéias que ainda perduram. 

Retornando ao trabalho criado por Panca e que continua nas administrações posteriores a sua, o Programa consiste Continue Reading Ponte Nova, Pescaria, “Panca” e o Programa Social de Arrecadação de Alimentos – Os 4’p(s)da Solidariedade….

Barragem de Ponte Nova-Linha do tempo por Benedito dos Passos

17/11/2009 às 17:13 | Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário
Tags: ,
DSC02043

Barragem de Ponte Nova

DSC02045

B.Ponte Nova

DSC02044
B.Ponte Nova

  

Benedito dos Passos, trabalhou na barragem de Ponte Nova desde sua admissão em 1968, começando como braçal, Passando a “apontador” e aposentando-se como Chefe de Seção Técnica e 2004.
Seu prontuário 1887, de numeração baixa, é um dos antigo, o que demonstra toda sua experiência e conhecimento sobre a barragem: da construção, operação, importância na região e também para o Estado de S.Paulo, afinal foram 36 anos de vivência, trabalho e muitas lembranças.
Segundo alguns Diretores da BAT – Bacia do Alto Tietê, ao qual a barragem é vinculada, Sr. Benedito dos Passos é uma referência em história, operação e conhecimentos técnicos sobre a barragem, tendo sido muito procurado para orientar os novos gestores e até mesmo engenheiros para informar sobre detalhes da operação da barragem. Como morador da vila dentro das instalações da barragem de Ponte Nova.Benedito dos Passos, trabalhou na barragem de Ponte Nova desde sua admissão em 1968, começando como braçal, passando a “apontador” e aposentando-se como Chefe de Seção Técnica e 2004.
Seu prontuário 1887, de numeração baixa, é um dos antigo, o que demonstra toda sua experiência e conhecimento sobre a barragem: da construção, operação, importância na região e também para o Estado de S.Paulo, afinal foram 36 anos de vivência, trabalho e muitas lembranças. 
Segundo alguns Diretores da BAT – Bacia do Alto Tietê, ao qual a barragem é vinculada, Sr. Benedito dos Passos é uma referência em história, operação e conhecimentos técnicos sobre a barragem, tendo sido muito procurado para orientar os novos gestores e até mesmo engenheiros para informar sobre detalhes da operação da barragem. Como morador da vila dentro das instalações da barragem, cansou de ser acordado nas madrugadas, para poder verificar as comportas, ou mesmo atender a defesa civil, que preocupada com as enchentes em S.Paulo, “creditava erroneamente” à barragem, a “culpa”, pelas enchentes em S.Paulo. Continue Reading Barragem de Ponte Nova-Linha do tempo por Benedito dos Passos…

Caçadores de Capivara – esta não é uma história pra boi (ou capivara) dormir

14/10/2009 às 1:06 | Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário
Tags: , ,

DSC02024

Jeferson Dentini

Caçador de Capivara - Final da década de 60Ser pioneiro numa região, tem suas vantagens, afinal aqueles que ajudaram a construir uma barragem numa região até então em desenvolvimento, no final da decada de 60, onde fica a barragem de Ponte Nova, é um privilegio, com algumas vantagens e muitas lembranças.
Segundo Jefferson Dentini, lotado na Bacia do Alto Tietê, filho de servidor da Barragem Sr. Gridio Dentini, falecido em 2007, morador da barragem quando criança, cresceu acompanhando e vendo a barragem se tornar este espetáculo que é hoje.
Jeferson, menino, lembra que a região onde a barragem está é rodeada de mata pouco explorada na época e com a possibilidade de realizar pesca e caça, pois era uma região virgem e com muitos recursos a serem explorados. Atualmente a região tem leis contra caça e pesca predatórias, mas na época não.
Lembra com risos de um engenheiro, que prefere não mencionar, que aproveitava os finais de semana para caçar, ia a caráter com roupa apropriada, bota, muita arma, espingarda, apetrechos, parecia um verdadeiro “rambo”, pronto para atacar as presas. Só que, era ruuim de tiro, não acertava nada. Muita roupa e fardamento pra resultado nenhum.
Seu pai aproveitando isto, resolveu fazer uma brincadeira, matou uma capivara, arrumou a bichinha como se estivesse empalhada com umas madeiras, colocou ela de pezinho como se estivesse armada pra correr e preparou o amigo pra irem caçar juntos no final de semana.
Preparou o local, chamou o amigo, foi junto, dizendo que o local era cheio de capivaras, alvos facéis, já que a região era infestada de taaaanta capivara. Isto animou ainda mais este caçador nato.
Lá chegando, o caçador quando viu o animal em pé, só olhando pra ele, se preparou todo, ficou animado e “fogo” disparou…. Não é que mesmo assim errou o alvo. A bala bateu numa galho da arvore, que caiu e  bateu no bicho (quase que empalhado – mortinho da silva) que caiu ao pés do caçador, satisfeito pelo resultado da caçada.
Olhou com cara de vencedor, pegando o bicho e vendo que ele não estava quente como deveria ser. Olho em volta e percebeu pelo riso de todos, que tinha sido alvo de uma “pegadinha” dos amigos.
De caçador virou caça dos amigos (ou da capivara sei lá).
A história deste caçador ficou mesmo sendo motivo de risadas e chacotas por um longo tempo, mas quem liga pra isto.

Blog no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.