Dia Mundial do Meio Ambiente – Peça Teatral e Oficinas culturais e sobre meio ambiente no Parque Ecológico do Tietê

10/06/2014 às 19:01 | Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário
Tags: , ,

Este slideshow necessita de JavaScript.

Foi realizado no último dia 5/6 nas dependências do Parque Ecológico do Tietê – Núcleo Engenheiro Goulart, um evento destinado a comemorar o Dia Mundial do Meio Ambiente.

O Dia Mundial do Meio Ambiente começou a ser comemorado em 1972 com o objetivo de promover atividades de proteção e preservação do meio ambiente e alertar o público mundial e governos de cada país para os perigos de negligenciarmos a tarefa de cuidar do meio ambiente.

Foi em Estocolmo, no dia 5 de junho de 1972, que teve início a primeira das Conferências das Nações Unidas sobre o ambiente humano (durou até dia 16) e por esse motivo foi à data escolhida como Dia Mundial do Meio Ambiente.

O objetivo da ação coordenada pela DHU/RHPS em parceria com o PET – Área de Educação Ambiental e Oficinas Culturais eram voltadas a alunos de escola públicas e pessoal de terceira idade, buscando fomentar a importância do meio ambiente, dos recursos hídricos, em especial a água, oportunizando-se esta data para educação de jovens e adultos e aproveitando para divulgar o trabalho realizado pela Autarquia.

Na parte da manhã, foram realizadas 03 oficinas de terrário – voltado a conscientizar crianças sobre a importância de preservação do meio ambiente, 01 oficina de rosas, volta a conscientizar e integrar pessoas da terceira idade, com uma atividade que envolvesse reciclagem e aproveitamento de materiais.

No período da tarde, os artistas da Cia Arueira, apresentaram a peça teatral intitulada: “A água que fugiu do Lago”, onde participaram adultos e crianças. A abordagem com muito humor e interativa como público sobre tema tão importante, ajudou a reforçar conceitos sobre a importância da preservação do meio ambiente.

Foram atendidos 250 pessoas nas atividades desenvolvidas gratuitamente no Parque Ecológico do Tietê.

O evento contou ainda com a parceria da COOPERHIDRO/SESCOOP, responsáveis pela contratação dos oficineiros e empresa teatral.

Anúncios

22 de Março – Dia Mundial da Água – Atividade no Parque Ecológico do Tietê.

11/03/2014 às 16:47 | Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário
Tags: , , ,

pingo daguaNo próximo dia 22 de março às 10 horas no Centro Cultural Rio Tietê/dependências do Museu do Tietê situado no Parque Ecológico do Tietê – PET, estará sendo realizado o evento sobre o Dia Mundial da Água, este ano defendendo o slogan ” *Evitar o desperdício de água e lutar pelo seu equilíbrio na natureza é um dever de todos nós”.*

Num momento em que a escassez das chuvas nos remete a uma reflexão ainda mais profunda sobre o futuro dos mananciais e mesmo a vida no planeta, o Museu do Tietê vai lançar no Dia Mundial da Água, em 22 de março, a campanha “Evitar desperdício de água e lutar pelo seu equilíbrio na natureza é um dever de todos nós”.

A programação envolve dança indígena (aldeia de parelheiros), Coral do Sindicato da Saúde de SP, Homenagem aos ex-esportistas do Corinthians Paulista, Espéria, Regatas Tietê e Clube Esportivo a Penha que fizeram história no passado nadando e remando nas águas limpas do Tietê.

Haverá também um tributo aos ex- esportistas com interpretação da música ” Olhando pro Tietê”, de Renato Teixeira e Sergio Reis interpretada pelos alunos da Escola de Futebol Meninos do Parque Ecológico do Tietê.

Além de participar da programação, que se inicia às 10h, o visitante poderá conhecer o Museu do Tietê, e aprender mais sobre sua história e importância para a cidade de São Paulo.

Serviços:
Horário de funcionamento do núcleo: 8h às 17h – Entrada gratuita.
Estacionamento: 50 vagas no interior, próximo à administração do parque.
Telefone: 2958-1477.
Endereço: Rua Guira Acangatara, 70.
Atividades e equipamentos que precisam ser agendados: Programa de Educação Ambiental, quiosques grandes.

Como chegar: O acesso fica na Av. Dr. Assis Ribeiro, altura do nº 3.000. Indo de carro, entre no km 17 da rodovia Ayrton Senna, sentido SP/Rio; de Metrô, desembarque na estação Penha, pegue o ônibus Jardim Keralux e desça na entrada do parque; pelo trem da CPTM, desembarque na estação Engenheiro Goulart, e siga caminhando até à entrada do parque.

21 de Setembro – Dia do Rio Tietê – Homenagem do DAEE e do Centro Cultural no Parque Ecológico do Tietê.

11/09/2013 às 13:19 | Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário
Tags: ,

Dia do Rio Tietê em 2013

O DAEE, Departamento de Águas e Energia Elétrica, por meio de seu Centro Cultural Rio Tietê e com apoio cultural do Instituto Mais e Projeto Virando do Avesso, comemorará o Dia do Rio Tietê, em 21 de setembro do corrente por força da Lei estadual 7815 de 23/04/1992, que instituiu a referida homenagem.

A solenidade em homenagem ao Rio Tietê, acontecerá nas dependências do Edifício Governador André Franco Montoro, situado no Parque Ecológico do Tietê/Centro de Lazer de Engº Goulart, onde se situa o Museu do Tietê, com início marcado para as 10:00 h e contará com várias atrações abertas ao público.

A Escola de Arte Musical Intermusic realizará apresentação de seus alunos interpretando melodias de cunho ambiental.

Além dessa programação, a Escola de Futebol Meninos do Parque Ecológico do Tietê apresentara coral de seus alunos interpretando a musica “Olhando pro Tietê” de Ségio Reis e Renato Teixeira..

Poemas alusivos ao Rio Tietê de autores consagrados tais como: Mario de Andrade, Rita Lee, Jean Garfunkel, João Pacífico e Geraldo Vidigal serão interpretados pelos declamadores: Benedito Justino Bezerra e Iara Teixeira.

Presentes também na programação o tenor Jarbas Tauryno, que interpretara o Hino Nacional Brasileiro, além da índia Continue Reading 21 de Setembro – Dia do Rio Tietê – Homenagem do DAEE e do Centro Cultural no Parque Ecológico do Tietê….

Grupo de Caminhada e Relaxamento com participantes da Terceira Idade no Parque Ecológico do Tietê.

14/03/2013 às 17:22 | Publicado em PET - Serviços Oferecidos | Deixe um comentário
Tags: ,

Tendo em vista uma necessidade governamental da Secretaria de Planejamento do Governo do Estado de São Paulo, que anualmente levanta dados sobre atividades desenvolvidas pelos órgãos públicos voltados aos idosos, levantamos casualmente o histórico abaixo de um trabalho feito há mais de 19 anos pela área de Educação Ambiental do Parque Ecológico do Tietê, visando à melhoria da qualidade de vida e manutenção da autonomia do grupo de terceira idade que acompanha este trabalho desde 1994.

O relato abaixo é do Eng. Fernando Antônio Pinto Teixeira – Coordenador do Centro de Educação Ambiental do Parque Ecológico do Tietê/PET – Núcleo Eng. Goulart – e-mail: ceapet@daee.sp.gov.br, situado na Rua Guira Acangatara, 7- – Penha, São Paulo – fone 6958 1450 e 6958 1477.

O trabalho em questão é o do Grupo de Caminhada e Relaxamento realizado no PET. 

No final de 1994 a direção do Parque Ecológico do Tietê reuniu todos os setores que, na época, desenvolviam atividades junto à população para instruir que, com a mudança de governo que haveria no ano seguinte, ter-se-ia como meta de governo o favorecimento do público idoso. Na oportunidade solicitou que os setores se mobilizassem com intuito de adequar as atividades desenvolvidas para esse público. Especificamente ao Setor de Educação Ambiental, sensível a essa meta, a direção do Parque solicitou que fosse organizado um grupo regular de freqüentadores idosos.

Em janeiro de 1995 iniciou-se um programa de caminhada e relaxamento, com aproximadamente doze idosos inscritos, objetivando a formação do grupo, Continue Reading Grupo de Caminhada e Relaxamento com participantes da Terceira Idade no Parque Ecológico do Tietê….

Evento no Parque Jacuí em 29/9/12 – Dia da Responsabilidade Social – Participe!

18/09/2012 às 15:57 | Publicado em PET - Serviços Oferecidos | Deixe um comentário
Tags: ,

A Universidade Cruzeiro do Sul promove no dia 29 de setembro, sábado, diversas atividades gratuitas de lazer, saúde e cidadania em comemoração ao Dia da Responsabilidade Social: Jornada da Saúde e Cidadania.

O evento acontece das 9:00 as 14:00 horas no Parque Vila Jacuí, zona Leste de São Paulo. Serão oferecidas atividades, como recreação para crianças e adolescentes, avaliação física e prescrição de exercícios físicos, aferição de pressão arterial e glicemia e orientação para saúde bucal, entre outros.

As atividades serão realizadas em parceria com a coordenação do PET/Jacuí.

O evento será realizado no Parque Jacuí, situado na Rua Catléias, s/n, Vila Jacuí, das 9h às 14h e oferecerá os seguintes serviços:

Cidadania

• Atividade de recreação para crianças e adolescentes.
• Desenho expressivo.
• Oficinas diversas.
• Orientação sobre construção civil.
• Orientações sobre questões de Direito Civil, Criminal, Trabalhista, Previdenciário e Consumidor.
• Orientações gerais sobre cuidados com manejo e nutrição de cães e gatos, posse responsável e bem-estar animal.
• Orientação quanto à importância da Economia doméstica.

Saúde

• Avaliação física e prescrição de exercícios físicos.
• Aferição de pressão arterial e de glicemia.
• Orientação sobre a postura correta e os cuidados com a coluna e os exercícios adequados para amenizar e prevenir dores nas costas.
• Orientação do índice de massa corporal, circunferência abdominal e risco para complicações metabólicas.
• Orientação sobre higiene bucal, prevenção e diagnóstico precoce de câncer bucal.

Informações pelo e-mail: eventospreac@cruzeirodosul.edu.br

Participe, traga sua família e amigos!

Virada Esportiva no Parque Jacuí nos dias 30/6 e 01/7 – Participe

29/06/2012 às 12:48 | Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário
Tags: ,

Este slideshow necessita de JavaScript.

Virada Esportiva em 2012 usuará o nome de Jacuí Kids. 

Neste ano o Parque Jacuí contará com mais um evento para a criançada, é o Jacuí Kid’s. Um evento que contará com a parceria entre a Secretaria de Esportes, Lazer e Recreação do Município de São Paulo (SEME) e a ONG ADEP (Associação pelo Desenvolvimento Educacional e Profissional) e que visa trazer às crianças e adolescentes das redondezas do Parque Jacuí momentos de diversão e aprendizado através das práticas esportivas e recreativas.

Esse evento será realizado junto de outro mega evento organizado pela SEME que é a virada esportiva 2012, evento esse que já se mostrou extremamente aceito e admirado por toda a população do município de São Paulo e que acontecerá nos dias 30 de junho e 01 de julho de 2012.

O Jacuí Kid’s contará com monitores ministrando diversas atividades, entre elas brincadeiras tradicionais, esporte de quadra, esportes individuais, construção de brinquedos com material alternativo, esporte de mesa, jogos de tabuleiros, além da presença de brinquedos infláveis que fazem a alegria da criançada.

O evento tem como principal objetivo a sociabilização das crianças, exercitando a troca de diálogo e respeito às diferentes formas de expressão, autonomia no brincas, resgate de atividades tradicionais do universo infantil brasileiro, além de expandir om horizonte social dos participantes.

Sábado dia 30/06 e Domingo dia 01/07 das 10h00 às 17h00.

Sobre o Parque:

O núcleo Vila Jacuí (Unidade de Lazer Engenheiro Antonio Arnaldo de Queiroz e Silva) foi o Continue Reading Virada Esportiva no Parque Jacuí nos dias 30/6 e 01/7 – Participe…

Campanha de Saúde e Preveção Ocular no Parque Jacuí – Parceria com Instituto CEMA e Hospital Villa-Lobos de 11 a 15/6

12/06/2012 às 19:07 | Publicado em PET - Serviços Oferecidos | Deixe um comentário
Tags:

O Instituto CEMA, braço social do Hospital CEMA, junto com o Hospital Villa-Lobos e o Laboratório Lavoiser, promovem, de 11 a 15 de junho, campanha de saúde e prevenção ocular no Parque Jacuí, próximo ao Jardim Pantanal, na zona leste, com o apoio da Subprefeitura e Rotary Clube de São Miguel Paulista.

O Instituto CEMA desde o início de sua história, há cerca de 25 anos, atende voluntariamente a população menos favorecida e de tempos em tempos promove campanhas de saúde ocular para prevenção e diagnóstico de doenças como miopia, astigmatismo, hipermetropia, glaucoma, catarata, transplante de córnea e outras patologias dos olhos.

“Além do check-up ocular, realizado por nossos médicos, contaremos também com o apoio do Hospital Villa-Lobos e do Laboratório Lavoisier, que farão testes de glicemia e medição de pressão arterial. O objetivo é orientar e prevenir moradores dessa região”, afirma o coordenador de relações institucionais do CEMA e do Hospital Villa-Lobos, José Augusto de Sant’Anna.

O atendimento à população se dará das 9 às 16 horas  Em casos em que é  necessário um diagnóstico mais completo, os pacientes serão encaminhados para consultas e exames, inclusive de mapeamento de retina, no próprio Instituto CEMA, onde receberão tratamento, sem custos, em convênio com o Sistema Único de Saúde (SUS).

 Serviço:

Semana de Prevenção de Saúde e Prevenção Ocular / Parque Jacuí
Data: 11 a 15 de junho
Horário: das 9h às 16h
Local: Rua das Catléias, 911 – Vila Jacuí, próximo ao Jardim Pantanal
Complexo Viário Jacu-Pêssego
Rodovia Ayrton Senna, km 23 – sentido Rio de Janeiro

 

Parque Ecológico do Tietê – Uma homenagem pelos seus 30 anos – 1982/2012.

12/06/2012 às 14:55 | Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário
Tags:

Este slideshow necessita de JavaScript.

O texto abaixo é parte da Monografia apresentada em 2010 no curso de pós graduação de Serviço Social e Politicas públicas, no Centro Universitário Nove de Julho – UNINOVE, por um dos servidores do DAEE, lotados no PET/ Parque Jacui, Sr. Edson Depetri. O titulo de monografia é:  “Estudos das agremiações esportivas , que utilizam os campos de várzea como organizações sociais.” 

Esta é nossa homenagem aos 30 anos do Parque Ecológico do Tietê.

CAPÍTULO I – HISTÓRICO

 1.2 Parque Ecológico do Tietê

Antes de iniciar o histórico propriamente dito e bom lembrar que o Rio Tietê (caudal, volumoso em Tupi) é um rio brasileiro do Estado de São Paulo. É famoso nacionalmente por atravessar, em seus 1.150 km, o estado de São Paulo e a capital paulista. Nasce em Salesópolis na Serra do Mar, a 1.120 metros de altitude. Apesar de estar a apenas 22 km do litoral, as escarpas da Serra do Mar obrigam-no a caminhar no sentido inverso, rumo ao interior, atravessando o estado de São Paulo de sudeste a noroeste até desaguar no lago formado pela barragem de Jupiá no rio Paraná, no município de três lagos, cerca de 50 quilômetros da cidade de Pereira Barreto. O nome Tietê foi registrado pela primeira vez em um mapa no ano de 1748 no Mapa D’Anvile e, em tupi, significa “rio verdadeiro”, ou “águas verdadeiras”.  

A idéia de implantação de um grande parque ecológico nas várzeas do rio Tietê, surgiu em meados de 1975, no gabinete do então secretário de Obras e do Meio Ambiente, Francisco Henrique Fernando de Barros, em função da necessidade de dar prosseguimento às obras de retificação do rio.

Já nos primórdios deste século, as enchentes do rio Tietê eram objeto de estudos por parte das autoridades municipais, face às constantes inundações de suas várzeas crescentemente ocupadas pelos habitantes da cidade.

Esses estudos, limitados ao município da Capital, concluíram pela retificação do Tietê entre a ponte velha de Osasco e a desembocadura do rio Cabaçu e Cima, em obediência à técnica tradicional que determina sua execução de jusante para montante.

Essa retificação, numa extensão de aproximadamente 30 quilômetros foi concluída em 1941, Continue Reading Parque Ecológico do Tietê – Uma homenagem pelos seus 30 anos – 1982/2012….

Campeonato e Manobras Radicais na Pista de Skate do Parque Jacuí na Zona Leste de São Paulo.

17/09/2011 às 0:41 | Publicado em PET - Serviços Oferecidos | Deixe um comentário
Tags: ,

Este slideshow necessita de JavaScript.

São Paulo (SP) Em tarde de muito sol, no final de agosto,  com direito a céu de brigadeiro em Sampa, o skatista Diego Fontes, de Guarujá, confirmou seu favoritismo ao vencer a III etapa de 2011 do Circuito CBER de Skate Amador – categoria Street, realizada na pista do Pantanal, no Parque Jacuí, zona Leste de São Paulo.

Depois de terminar a classificatória na primeira posição, com mais de três pontos de folga para o segundo colocado, Diego Fontes manteve a regularidade  assumindo a primeira posição do Ranking na sua categoria. Completaram o pódio os atletas Gabriel Siqueira, Marco Antonio Santos, Victor Cardoso e Nathaniel Pereira.

“Eu me sinto aliviado. Não só por agora estar entre os três que se classificam para a Taça São Paulo ou por estar liderando o ranking da CBER, mas sim porque eu ganhei uma etapa da CBER em 2010 e estava precisando vencer uma em 2011. Já estava agoniado, porque passou metade do ano e eu não tinha vencido ainda. Agora estou aliviado”, declarou Diego Fontes, muito feliz com a conquista.

Com o resultado, Diego Fontes pulou da quinta posição para a primeira do ranking de sua categoria, empatado com Kaue Cossa, de Santo André (SP). Ambos ficam com 1950 pontos, no topo do Ranking da CBER de Skate Amador – categoria Street, que classifica os três melhores para a Taça São Paulo de Skate, no fim do ano.

Outro nome de destaque no torneio, Nathaniel Pereira se manteve na terceira colocação do Ranking, agora com 1814 pontos, seguido de perto por João Gabriel Ferreira (1671 pontos).

“Minha impressão deste campeonato foi muito boa. Tivemos atletas de diversas regiões, com mais de oito municipios representados aqui no torneio. A semifinal e a final com um nível técnico elevado, e com um formato diferente, que foi semifinal homem contra homem e final Jam session, permitindo uma grande troca de colocações da classificatória para a final”, analisou o coordenador técnico da CBER, Roberto Maçaneiro.

Segundo colocado na final, após ter se classificado em décimo no sábado e ainda disputar uma das semifinais ainda neste domingo, Gabriel Siqueira, de São Paulo, fez questão de elogiar toda a organização do evento.

 “Esse campeonato aqui tem uma estrutura que na realidade eu nunca vi igual. Gratuito e em uma pista pública que é muito boa. Com alimentação, hidratação. Premiação então, sem palavras. Eu gostei muito de tudo que pude desfrutar aqui”, disse o vice-campeão, de 20 anos, morador do bairro Carandiru, na Zona Norte da capital.

Morador de São Miguel Paulista, bairro vizinho à pista do Parque Jacui, Leandro da Silva, o “Mister”, também disputou a final, terminando na nona colocação, após ter feito uma classificação quase perfeita, o que lhe garantiu um terceiro lugar no sábado.

 “Essa pista do Pantanal, no Parque Jacui, eu avalio como uma das melhores aqui de toda a Zona Leste de São Paulo. Todo o piso é de granilite e os obstáculos são Continue Reading Campeonato e Manobras Radicais na Pista de Skate do Parque Jacuí na Zona Leste de São Paulo….

Museu do Tietê: História de onze anos de existência e meio milhão de visitantes, por Vitor Cezar Maniero

30/05/2011 às 17:01 | Publicado em PET - Serviços Oferecidos | Deixe um comentário
Tags: ,

Este slideshow necessita de JavaScript.

       

Em 26 de agosto de1997, a Superintendência do DAEE publicou a Portaria DAEE-458 de 25 de agosto de 1997, instituindo o “Projeto Cultura e Cidadania”, a ser desenvolvido no Parque Ecológico do Tietê, visando uma série de ações no sentido de implementar espaços e atividades culturais, produção de conhecimento, lazer e entretenimento que contribuíssem para a sociabilidade e o lazer da população da região.

A partir dessa publicação, os trabalhos foram iniciados e uma das primeiras ações culturais implementadas foi a montagem de uma Biblioteca, consolidando nas dependências do Bloco B, do Centro de Lazer de Engenheiro Goulart, um espaço de pesquisas, estudos e leituras de uma forma geral.

O acervo bibliográfico foi composto por obras doadas pelo público em geral, editoras, órgãos oficiais e aquisições efetuadas em sebos, versando sobre assunto dos mais diversos, mas com maior ênfase em relação às questões ambientais.     

Paralelamente, à Biblioteca, foram também desencadeadas ações para implementação de uma Oficina Cultural, que se intitulou de Arte e Reflexão à Natureza, ocupando o espaço físico do Bloco C.

A criação da Oficina Cultural motivou a idealização do projeto pedagógico “Lama de Luz e Magia”, que visava desenvolver uma proposta teatral de educação ambiental, tendo como eixo temático o Rio Tietê. Em forma de teatro interativo eram apresentadas ao público estudantil, integrantes do ensino de 1º grau, uma série de atividades lúdicas numa apresentação em que os estudantes integrados ao contexto da peça participavam da história de um rio poluído pela ação predatória do homem (e é claro que se tratava do Rio Tietê), que se tornou insensível a natureza, razão pela qual a denominação “Lama de Luz e Magia”: Lama na medida em que o atual estado do rio leva-nos a concebê-lo como algo destruído, sem vida alheio à nossa história; Luz, a tomada de consciência sobre a necessidade deste rio se revitalizar: Magia, simbolizando a transformação forjada pela iniciativa da comunidade, do poder público, da sociedade enfim. Este projeto foi desenvolvido durante os anos de1998 a 2006, e as atividades foram interrompidas em 2007, devido à paralisação do Contrato firmado com a Frente de Trabalho do Governo do Estado, que colaboravam na Montagem desse espetáculo. 

Concomitantemente, ao desenvolvimento dessas iniciativas culturais, e responsáveis que éramos pela coordenação das tarefas de operacionalização do Projeto Cultura e Cidadania, fomos chamados pelo Superintendente do DAEE, naquela época, Engenheiro José Bernardo Ortiz, questionando-nos sobre a institucionalização do Museu do Tietê, pois sua preocupação era resgatar a história do mais importante rio do Estado de São Paulo, através da criação de um espaço pedagógico significativo no Parque Ecológico do Tietê para a compreensão do nosso passado histórico e da sua preservação.

Esclarecemos, ao Superintendente, que a institucionalização do Museu do Tietê fazia parte do rol das atribuições do Projeto Cultura e Cidadania, (Autos DAEE 46.810 fls. 06), todavia constituia-se na missão mais complexa a ser atingida, pois envolvia uma série de obstáculos que demandavam ações de especificidades técnicas, administrativas, financeiras e operacionais, difíceis de serem concretizadas em curto prazo.

Enfatizou, porém o Superintendente, que não media esforços para tornar o Museu do Tietê uma realidade institucional, colocando à disposição da equipe responsável todos os recursos necessários para a viabilização do espaço físico necessário, e concretização de imediato da proposta museológica que demonstrasse a importância do rio Tietê para a história de São Paulo, como via de navegação, fonte de energia, além de suas atuais condições ambientais.

Em suma, o projeto do Museu do Tietê tornou-se uma realidade e o cumprimento deste desafio coube a uma equipe técnica coordenada Continue Reading Museu do Tietê: História de onze anos de existência e meio milhão de visitantes, por Vitor Cezar Maniero…

Próxima Página »

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.