Museu do Tietê: História de onze anos de existência e meio milhão de visitantes, por Vitor Cezar Maniero

30/05/2011 às 17:01 | Publicado em PET - Serviços Oferecidos | Deixe um comentário
Tags: ,

Este slideshow necessita de JavaScript.

       

Em 26 de agosto de1997, a Superintendência do DAEE publicou a Portaria DAEE-458 de 25 de agosto de 1997, instituindo o “Projeto Cultura e Cidadania”, a ser desenvolvido no Parque Ecológico do Tietê, visando uma série de ações no sentido de implementar espaços e atividades culturais, produção de conhecimento, lazer e entretenimento que contribuíssem para a sociabilidade e o lazer da população da região.

A partir dessa publicação, os trabalhos foram iniciados e uma das primeiras ações culturais implementadas foi a montagem de uma Biblioteca, consolidando nas dependências do Bloco B, do Centro de Lazer de Engenheiro Goulart, um espaço de pesquisas, estudos e leituras de uma forma geral.

O acervo bibliográfico foi composto por obras doadas pelo público em geral, editoras, órgãos oficiais e aquisições efetuadas em sebos, versando sobre assunto dos mais diversos, mas com maior ênfase em relação às questões ambientais.     

Paralelamente, à Biblioteca, foram também desencadeadas ações para implementação de uma Oficina Cultural, que se intitulou de Arte e Reflexão à Natureza, ocupando o espaço físico do Bloco C.

A criação da Oficina Cultural motivou a idealização do projeto pedagógico “Lama de Luz e Magia”, que visava desenvolver uma proposta teatral de educação ambiental, tendo como eixo temático o Rio Tietê. Em forma de teatro interativo eram apresentadas ao público estudantil, integrantes do ensino de 1º grau, uma série de atividades lúdicas numa apresentação em que os estudantes integrados ao contexto da peça participavam da história de um rio poluído pela ação predatória do homem (e é claro que se tratava do Rio Tietê), que se tornou insensível a natureza, razão pela qual a denominação “Lama de Luz e Magia”: Lama na medida em que o atual estado do rio leva-nos a concebê-lo como algo destruído, sem vida alheio à nossa história; Luz, a tomada de consciência sobre a necessidade deste rio se revitalizar: Magia, simbolizando a transformação forjada pela iniciativa da comunidade, do poder público, da sociedade enfim. Este projeto foi desenvolvido durante os anos de1998 a 2006, e as atividades foram interrompidas em 2007, devido à paralisação do Contrato firmado com a Frente de Trabalho do Governo do Estado, que colaboravam na Montagem desse espetáculo. 

Concomitantemente, ao desenvolvimento dessas iniciativas culturais, e responsáveis que éramos pela coordenação das tarefas de operacionalização do Projeto Cultura e Cidadania, fomos chamados pelo Superintendente do DAEE, naquela época, Engenheiro José Bernardo Ortiz, questionando-nos sobre a institucionalização do Museu do Tietê, pois sua preocupação era resgatar a história do mais importante rio do Estado de São Paulo, através da criação de um espaço pedagógico significativo no Parque Ecológico do Tietê para a compreensão do nosso passado histórico e da sua preservação.

Esclarecemos, ao Superintendente, que a institucionalização do Museu do Tietê fazia parte do rol das atribuições do Projeto Cultura e Cidadania, (Autos DAEE 46.810 fls. 06), todavia constituia-se na missão mais complexa a ser atingida, pois envolvia uma série de obstáculos que demandavam ações de especificidades técnicas, administrativas, financeiras e operacionais, difíceis de serem concretizadas em curto prazo.

Enfatizou, porém o Superintendente, que não media esforços para tornar o Museu do Tietê uma realidade institucional, colocando à disposição da equipe responsável todos os recursos necessários para a viabilização do espaço físico necessário, e concretização de imediato da proposta museológica que demonstrasse a importância do rio Tietê para a história de São Paulo, como via de navegação, fonte de energia, além de suas atuais condições ambientais.

Em suma, o projeto do Museu do Tietê tornou-se uma realidade e o cumprimento deste desafio coube a uma equipe técnica coordenada Continue Reading Museu do Tietê: História de onze anos de existência e meio milhão de visitantes, por Vitor Cezar Maniero…

Anúncios

Blog no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.