Uma jovem obstinada e com forte senso de mudança apoiando a Unidade de Obras de Itanhaém – Angelita Monteiro

11/03/2013 às 17:24 | Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário
Tags: , ,

AngelitaNeste mês que aproveitamos pra homenagear nossas servidoras, convidamos nossa colega da unidade de Itanhaém, Angelita Monteiro para falarmos um pouco sobre ela, seu trabalho, seus projetos. Ela aproveitou e nos respondeu algumas perguntas às quais transformamos em matéria que segue abaixo. Há um pouco de desabafo neste texto, mas com certeza, reflete as dificuldades enfrentadas por muitos jovens ao se iniciarem profissionalmente nos seus novos ambientes de trabalho.

Angelita foi admitida em 21 de janeiro de 2004, como Secretario; passando a atuar no departamento de pessoal junto com o Carlos Yukio Noyori que estava há pouco tempo lá também, em razão da aposentadoria dos dois funcionários que respondiam pelo RH.

Comenta que início estranhou muito, pois não havia a cultura da renovação e aqueles que se aposentavam levavam todo o conhecimento com eles. Portanto caberia aos novos, neste caso ela e o Carlos aprenderem na raça. Apesar dos percalços ainda havia pessoas que sempre colaboravam tentando passar os conhecimentos aqueles que iniciavam e uma delas, lembra-se com carinho da Dulce Marina Rodrigues (hoje a frente do RHAP – Seção de Pessoal) que na época trabalhava com o João Romão e nos salvou várias vezes.

Com muita paciência para nos atender conseguimos implantar uma nova gestão de RH, aproximando os servidores do RH que não era visto com bons olhos, era preciso melhorar a imagem e atuação da área.  A gestão na Unidade de Serviços e Obras de Itanhaém sempre foi tradicionalista nos oferecendo uma oportunidade e enorme experiência em trabalhar com as adversidades, pois não é só com as coisas boas que aprendemos, mas com as dificuldades ainda mais.

Teve então a partir disto, varias possibilidades de crescimento na Autarquia, pois em 01/08/2008 foi promovido como chefe de seção técnica; dois anos depois em 30/12/2010 fui promovido a Diretor Técnico I.

Quanto à unidade de Itanhaém ressalta que são atualmente 39 servidores. Destaca pessoas que considera que auxiliaram seu desenvolvimento profissional como: Eng.º Pedro Carmo de Bartolo que sempre acreditou em mim. Trabalhei desde minha admissão até hoje com o Tecnólogo Carlos Yukio Noyori  a quem dedico muito daquilo que me transformei hoje, uma pessoa que sempre me aconselhou e acreditou no meu potencial. Continue Reading Uma jovem obstinada e com forte senso de mudança apoiando a Unidade de Obras de Itanhaém – Angelita Monteiro…

Estudar não tem Idade, e receber promoção também não – por Felix Machado.

07/12/2011 às 17:54 | Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário
Tags: ,

 

Estivemos em Itanhaém, a pedido da Responsável pela DHU, para conhecer Senhor Felix, 54 anos, apelidado pelos amigos como iô-iô, que recentemente foi promovido, por ter completado o ensino médio,  de Auxiliar de Serviços Gerais, passou a Chefe I.

Felix, hoje no DAEE, inicialmente foi admitido na SUDELPA – Superintendência do Desenvolvimento do Litoral Paulista, em 1/6/77, como braçal.

Veio ao DAEE após uns 02 anos, como reparador de máquinas e caminhão, segundo ele um ofício quase igual a um mecânico de manutenção (só que com salário inferior). Depois disto foi comissionado para a cidade de Pedro de Toledo, atuar na manutenção e limpeza do Rio, trabalho pesado e insalubre. Ficou neste oficio por 12 anos. Trabalhou ainda na cidade de Mongaguá, juntamente com equipe do DAEE, fazendo a mesma coisa.

Este ano, resolveu fazer o supletivo, pois o ginásio fez “na marra”, depois de casado, pois como o pai faleceu cedo, teve que parar os estudos e partir para lida. Fez depois a madureza, o ginasial, depois o colégio agrícola em Iguape aos 17 anos, pois residia em Pariqueraçu na região rural. Continue Reading Estudar não tem Idade, e receber promoção também não – por Felix Machado….

O servidor das muitas facetas da Unidade de Serviços e Obras de Itanhém (BAIT) – Danilo Paulo da Luz

05/09/2011 às 23:26 | Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário
Tags: ,

Estivemos na unidade de Itanhaém (BAIT) no final do mês de agosto, numa tarde cinzenta, chuvosa, para entrevistar os servidores que pudessem nos contar um pouco sobre o trabalho daquela unidade.  

A BAIT – é uma Unidade de Serviços e Obras / Escritório de Apoio – que tem por objetivo coordenar serviços de máquinas do DAEE no campo dos recursos hídricos, realizados em parceria com as prefeituras cedendo  máquinas como Drag-lines, escavadeiras hidráulicas, pás carregadeiras, tratores, valetadeiras, retro-escavadeira, etc.  

É subordinada a Bacia do Alto Tietê /BAT, localizada na Vila Prudente em São Paulo. Atende aos Municípios de Peruíbe até Bertioga, há inclusive um escritório de apoio em São Vicente.

Por sugestão do Diretor conversamos com Danilo Paulo da Luz, servidor com 55 anos, que se encontra no DAEE desde 15/6/77.

Foi admitido na Autarquia  por conta da amizade com Cesar Predolin, servidor do DAEE, com o qual fazia cursinho visando o curso universitário. Com 19 anos, boa condição física,  bom jogador de futebol, foi   convidado a fazer parte do time do DAEE, mesmo sem ser funcionário. Participou dos jogos, campeonato, fez boas  amizades. Posteriormente  foi convidado a fazer um concurso interno, no qual o próprio diretor da unidade  poderia contratar uma cota de servidores para atuar lá. Fez os testes necessários, lembrando-se inclusive que um deles foi aplicado pela Efigenia que na época atuava na área de seleção do DAEE. Ele foi admitido para atuar na  Seção de pessoal da BAIT.

Com ele trabalhavam  03 moças: Eliane, Angélica, Nenê. Passados alguns meses estas funcionárias pediram demissão por motivos particulares.Sozinho foi promovido à responsável pela área de pessoal da unidade, área na qual ficou por 05 anos e com o qual se identificou e gostou muito.

 Logo depois chegaram Rosana de Paula e Durvalina, que passaram a trabalhar no setor pessoal.  Passado um tempo, Rosana transferiu-se para trabalhar em São Paulo, Durvalina para Mogi das Cruzes, (onde estão atuando até hoje).

A mudança desta área se deu de forma meio que desastrosa, engraçada, ou ética, enfim da forma como cada qual quiser enxergar, e envolve uma figura muito marcante no DAEE: Capitão Noray de Paula e Silva que na época era o Diretor Administrativo do DAEE, um cargo abaixo somente do Superintendente, ou seja, mandava muuuito. 

Segundo ele, em 1982,  havia dois cargos de promoção na unidade de Itanhaém:  um Chefe de Pessoal,  outro Continue Reading O servidor das muitas facetas da Unidade de Serviços e Obras de Itanhém (BAIT) – Danilo Paulo da Luz…

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.