IX Encontro dos Aposentados do DAEE

26/08/2016 às 19:43 | Publicado em Aposentadoria | Deixe um comentário
Tags: , ,

Este slideshow necessita de JavaScript.

Foi realizado no ultimo dia 19/08/16,  o” IX Encontro dos Aposentados do DAEE”, com a presença de 105 participantes.

O evento realizado desde 2008 tem por objetivo prestigiar os servidores que dedicaram parte de suas vidas e carreiras a Autarquia, além de proporcionar integração entre o grupo e aproximação com os servidores ativos. Trata-se na realidade um grande encontro e congraçamento entre amigos.

O Evento organizado pela DHU/RHPS sempre conta com temáticas que possam agregar a este público e a esta nova etapa de suas vidas: a aposentadoria.

Este ano contamos com a apresentação de um musical com a Cia Pompacômica com o espetáculo: O Brasil de Cabelos Brancos, que abordou o envelhecimento das famílias brasileiras e suas varias facetas. Apesar da seriedade do assunto, o grupo pode trazer reflexão e riso a platéia. O espetáculo foi disponibilizado através da parceria COOPERHIDRO/SESCOOP/SP.

O público presente se divertiu bastante e também pode participar de massagens inclusivas realizadas por portadores de deficiência visual (Empresa Toque de Serenidade) e ainda levaram lembranças do evento, como as fotos que contem um painel ao fundo com lugares como Paris, Itália, Grécia, etc.

Neste ano tivemos ainda o recital de um servidor aposentado Sr. Antônio Carlos F Rainho, que fez um poema sobre a velhice, especialmente para apresentar no evento (foi muito aplaudido pelos colegas). O ex-servidor, que tem por formação a engenharia civil, ajudou a construir a Divisão de Transporte do DAEE na Vila dos Remédios, atualmente desativada e que cujo prédio, abriga hoje a FATEC/Osasco.

O evento foi realizado graças a parceria DAEE/COOPERHIDRO/AADAEE/ADAEE.

 

Anúncios

VI Encontro dos Aposentados em 2013 – Peça Teatral: Sem concerto

11/09/2013 às 14:05 | Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário
Tags: , ,

Este slideshow necessita de JavaScript.


Foi realizado no ultimo dia 06/9 o VI Encontro dos Aposentados do DAEE.

O evento contou com a presença de 100 participantes e este ano excepcionalmente tivemos a apresentação de uma peça teatral, uma comédia intitulada: Sem Concerto, da Cia Circo Amarillo.

Os participantes gostaram muito da apresentação, pois os artistas interagiram com o público, com alguns passos de dança, brincadeiras além de apresentar algumas ações típicas de circo. Tivemos também presente o cover do cantor Roberto Carlos interpretado por um dos aposentados. Foram momentos de congraçamento e diversão entre os presentes.

O evento esta no seu sexto ano e é coordenado pelo DAEE em parceria com as entidades de classe: ADAEE, COOPERHIDRO E AADAEE (Assoc. dos Aposentados do DAEE), sendo a apresentação teatral um produto do Mosaico teatral – um dos projetos do SESCOOP/SP, que visa proporcionar arte, lazer, cultura, entretenimento as cooperativas do sistema.

Ao final do evento os aposentados puderam ainda participar de uma aula baile de dança de salão com o Prof. Renato Galhardo, e após isto foi servido um coffe break aos presentes, que puderam enfim pôr suas conversas em dia, revendo amigos, brincando, compartilhando e nos fazendo acreditar que o proposito do Encontro tenha sido alcançado.

Foram arrecadados durante o espetáculo, fruto de doação dos participantes, 70 litros de leite a serem doados ao Lar Dona Cotinha que atende crianças carentes.

Agradecimento aos aposentados, parceiros e servidores ativos que lá estiveram para prestigiar o evento.

Vem aí o “VI Encontro dos Aposentados do DAEE”.

12/08/2013 às 17:40 | Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário
Tags: , ,
VI Encontro dos Aposentados em 2013 - Programação

VI Encontro dos Aposentados em 2013 – Programação

Desde 2008 o Serviço Técnico Social vem realizando o encontro com os aposentados do DAEE, portanto em 2013 será realizado o VI Encontro.
O propósito deste projeto é prestigiar a dedicação destes servidores durante sua vida profissional na Autarquia, além de integra-los com os servidores ativos, e fazer com que velhos amigos se reencontrem.
O evento realizado em parceria entre DAEE/COOPERHIDRO/ADAEE/AADAEE vem sendo realizado com sucesso ao longo dos últimos anos. Este ano excepcionalmente traremos uma peça teatral, cujo título: Sem concerto, uma divertida comedia da Cia Circo Amarillo.
Aqueles que queiram participar, os dados encontram-se abaixo:
VI Encontro dos Aposentados do DAEE.
Data: 06/09 – Sexta Feira
Horário: 14:00 até 17:00
Local: Auditório da Rua Boa Vista, 170 – Centro, SP
Haverá coffe break e sorteio de brindes aos participantes ao final do evento.
Confirmar presença pelos fones: 3293 8209 / 3293 8317 / 3293 8318.
Pedimos a colaboração aos participantes que nos tragam 01 litro de leite (ou em pó) para doação ao Lar Dona Cotinha que atende crianças carentes.
Venha participar – você aposentado é nosso convidado especial.

Grupo de Caminhada e Relaxamento com participantes da Terceira Idade no Parque Ecológico do Tietê.

14/03/2013 às 17:22 | Publicado em PET - Serviços Oferecidos | Deixe um comentário
Tags: ,

Tendo em vista uma necessidade governamental da Secretaria de Planejamento do Governo do Estado de São Paulo, que anualmente levanta dados sobre atividades desenvolvidas pelos órgãos públicos voltados aos idosos, levantamos casualmente o histórico abaixo de um trabalho feito há mais de 19 anos pela área de Educação Ambiental do Parque Ecológico do Tietê, visando à melhoria da qualidade de vida e manutenção da autonomia do grupo de terceira idade que acompanha este trabalho desde 1994.

O relato abaixo é do Eng. Fernando Antônio Pinto Teixeira – Coordenador do Centro de Educação Ambiental do Parque Ecológico do Tietê/PET – Núcleo Eng. Goulart – e-mail: ceapet@daee.sp.gov.br, situado na Rua Guira Acangatara, 7- – Penha, São Paulo – fone 6958 1450 e 6958 1477.

O trabalho em questão é o do Grupo de Caminhada e Relaxamento realizado no PET. 

No final de 1994 a direção do Parque Ecológico do Tietê reuniu todos os setores que, na época, desenvolviam atividades junto à população para instruir que, com a mudança de governo que haveria no ano seguinte, ter-se-ia como meta de governo o favorecimento do público idoso. Na oportunidade solicitou que os setores se mobilizassem com intuito de adequar as atividades desenvolvidas para esse público. Especificamente ao Setor de Educação Ambiental, sensível a essa meta, a direção do Parque solicitou que fosse organizado um grupo regular de freqüentadores idosos.

Em janeiro de 1995 iniciou-se um programa de caminhada e relaxamento, com aproximadamente doze idosos inscritos, objetivando a formação do grupo, Continue Reading Grupo de Caminhada e Relaxamento com participantes da Terceira Idade no Parque Ecológico do Tietê….

Uma eterna aprendiz como se intitula nossa aposentada: Laurinda Leão Ramos.

04/03/2013 às 12:50 | Publicado em Sem categoria | 10 Comentários
Tags: , ,

Laurinda[1].03.20062006

Com muito custo e após insistentes convites por parte dos responsáveis por este blog, conseguimos entrevistar nossa velha amiga Laurinda Leão Ramos, que esteve à frente de uma área importante do DAEE por vários anos, da década de 70 a 95 aproximadamente.

Laurinda foi responsável pela Seção de Pessoal numa época em que o DAEE contava com um quadro de 4000 servidores e num período em que a mulher não tinha tanto espaço profissional como hoje (espaço este conquistado com muito custo e ao longo de décadas).

Sempre lembrada positivamente por sua atuação, por ter atuado numa época difícil, constantes mudanças, regime militar, quadro com grande número de servidores, enfim um período não tão distante e dos quais muitos se recordam com alegria (outros nem tanto).

Admitida em 15/5/1968, então com 20 aninhos, começou como escriturária – atuando como assistente de administração, sob a Chefia da Doutora Maria Regina Vieira de Almeida e após alguns meses sob a chefia do Dr. Alexandre Bertoni, (que muitos anos depois  foi Diretor da SRH) tendo como Diretor Administrativo o Doutor Lino Guedes, ambos já falecidos.

Em agosto de 1974, foi designada para responder em comissão pela função de Encarregada do Setor de Estudos e Informações (admissão, demissão, salário-família, transferências, etc…).

Em agosto de 1977, foi designada para responder em comissão pela função de Chefe da Seção de Registros e Cadastros (Pessoal).

Em fevereiro de 1984, foi designada para responder em comissão pela função de Diretora de Serviço de Administração de Pessoal.

No período de 1970, tinha como Diretor da Divisão de Pessoal, o saudoso Sidney Camargo e como Diretor Administrativo o saudoso Senhor Noray de Paula e Silva, este último alias muito comentado pelos servidores mais antigos de casa.

Para Laurinda, o DAEE foi uma grande Escola de vida, no período em que trabalhou, teve Grandes e Sábios Mestres, alguns destemidos outros nem tanto, mas com certeza foram muito importantes na sua trajetória profissional, prefere não citar nomes para não cometer nenhuma injustiça. Cita que no tempo em que trabalhou  teve importantes mestres, independente de posição hierárquica ou cargos ocupados. Reafirma que “na vida sempre serei uma eterna aprendiz”.

Além de suas atividades profissionais se orgulha de ter participado em 1983, Continue Reading Uma eterna aprendiz como se intitula nossa aposentada: Laurinda Leão Ramos….

Um engenheiro que amava o DAEE: José Carlos Mattoso Segato.

29/10/2012 às 11:33 | Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário
Tags: ,

No dia 1º de outubro fomos todos surpreendidos com a triste notícia do falecimento do Engo civil José Carlos Mattoso Segato.

IV Encontro dos Aposentados 2011

Ainda que sabendo da enfermidade que por final o vitimou, detectada há cerca de oito meses, nada indicava um desfecho como o ocorrido, pois o tratamento quimioterápico vinha sendo realizado dentro das previsões médicas.

Um dos baluartes técnicos do DAEE, formado pela Escola Politécnica da USP em 1964, ingressou como funcionário em abril/1971, aposentando-se em julho/1995. Ainda assim continuava sendo consultado regularmente, como uma espécie de consultor informal sem vencimentos, ocasiões em que se recorria à sua memória fora do comum e ao seu indiscutível conhecimento nas áreas técnicas de atuação do DAEE, particularmente na questão do controle de enchentes na Região Metropolitana de São Paulo.

Nessa área atuou desde o início da década de 1970, em importantes projetos como o de canalização do rio Tamanduateí e Ribeirão dos Meninos, barragens de cabeceira do rio Tietê, cujos reservatórios integram o Sistema Produtor Alto Tietê- SPAT, que além do abastecimento público têm no controle de enchentes uma de suas funções principais, ampliação da calha do Tietê, barragem da Penha e barragem Móvel (na confluência dos rios Tietê e Pinheiros) – vale dizer, algumas das principais obras com esse objetivo executadas na RMSP.

Com uma postura eticamente irrepreensível e avesso a formalidades e bajulações, tornou-se uma referência dentro do quadro técnico do DAEE, assim como o foram, dentre outros, os engenheiros Flávio Terra Barth e Giorgio Brighetti, estes vitimados anteriormente pela mesma enfermidade.

Um fato curioso a ser lembrado, é o convite que lhe foi feito por seu Diretor à época – período da ditadura militar -, para participar do curso da Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra – ADESG, então muito procurado por motivações diversas.

Diferentemente de seus colegas de Diretoria que realizaram o curso, engº Segato com base em convicções próprias, conseguiu com certa dificuldade, esquivar-se do convite, o que o terá deixado tranquilo com sua consciência.

Nos últimos anos, após efetiva participação nas Associações de servidores e dos engenheiros do DAEE, nesta integrando o seu Conselho Deliberativo, tornou-se presidente da Associação dos Engenheiros Aposentados do DAEE (AADAEE), cargo que ocupou desde a fundação em 1998, até o seu falecimento.

O coleguismo, a firmeza de ideias e a lealdade, são outras características a serem destacadas nesse amigo que infelizmente nos deixou.

       Saudade.

Uma homenagem da Associação dos Engenheiros Aposentados do DAEE (AADAEE) e da equipe deste blog  e Recursos Humanos do DAEE que sempre contou com os préstimos deste colega para realização dos encontros anuais dos aposentados do DAEE, iniciativa que sempre contou com seu apoio incondicional.

“Velho”, por Antonio Carlos Ferreira Rainho

03/09/2012 às 13:11 | Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário
Tags: ,

No encontro dos aposentados deste ano, fomos agraciados pela apresentação de um texto, que poderiamos considerar uma poesia, feita por um de nossos servidores aposentados, o Eng. Rainho.

Como a própria consultora achou o texto muito interessante, este foi lido para o público presente e ao final aplaudido pelos nossos aposentados e presentes ao evento,  tendo em vista que seu escritor foi brilhante ao abordar o tema dos idosos, além de estar na casa dos seus 85 anos. Abaixo texto dele:

“Velho”

“Na juventude a beleza é uma acidente.  Na maturidade é uma obra de arte.

A arte de envelhecer consiste em conservar alguma esperança.

A maturidade é a arte de viver em paz com o que é impossivel mudar.

Quando envelhecemos a beleza consiste em qualidade interior.

Nos olhos dos jovens vemos chamas, mas é nos olhos dos velhos onde vemos a luz.

Não é velho aquele que perde os cabelos, mas sim, a útima esperança.

Não é velho o que leva em seu coração o amor sempre ardente.

Não é velho o que mantém a fé em si mesmo, o que vive saudavelmente alegre, convencido de que para o coração não tem idade.

Pensando bem, não somos tão velhos, o que temos é muitas juventudes acumuladas.

Amamos as catedrais antigas, os móveis antigos, e os velhos livros, mas, nos esquecemos por completo do enorme valor moral e espiritual dos anciões.

Temos que agradar a nossa velhice, pois a velhice é o preço de estarmos vivos.

Quando completamos 80 anos, ou estamos perto disto, todo contemporâneo é antigo.

Então avante. Não haverá força capaz de deter a quem sonha, quem ainda constroi sobre as cinzas, quem ama, que espera da vida o momento mágico de uma ilusão, quem esquece que o tempo passou; sim, mas não levou consigo o teu coração.

Portanto sonha, constrói, ama, espera e não permite que te chamem de velho.”

Com certeza, nosso cidadão Rainho, é um idoso super atualizado, criativo, contemporâneo, e ciente dos seus direitos. Parabéns.

V Encontro dos Aposentados do DAEE: O Ato de cuidar x Memória e o desafio do tempo

03/09/2012 às 12:45 | Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário
Tags: ,

Este slideshow necessita de JavaScript.

Foi realizado no dia 29/8/12 – o V Encontro dos Aposentados com os temas acima. O evento organizada anualmente desde 2008, objetiva prestigiar os aposentados da Autarquia, reintegrá-los ao seu antigo ambiente de trabalho, propiciar o reencontro e trazer informações a esta nova etapa da sua vidas.

Este ano o evento contou com aproximadamente 140 participantes, considerando os aposentados, os servidores ativos e convidados, que lá estiveram em virtude de temas tão importantes e atuais. O evento foi aberto pelo Chefe de Gabinete do DAEE e os Presidentes da COOPERHIDRO, AADAEE e ADAEE.

A Prof.ª Vera Bifulco – Psicóloga Clínica – Psico-oncologista do IPC – Instituto Paulista de Cancerologia tratou brilhantemente do tema sobre o ato de cuidar, mais enfaticamente sobre cuidar de pessoas com quadro de Alzheimer. Disse que na nossa vida, em alguma ocasião cuidaremos de alguém ou seremos cuidados, e que para que isto ocorra de uma forma tranquila, devemos ter humildade a principal virtude de quem cuida, além do respeito, pois não é porque alguém é cuidado, que precisa perder a sua autonomia para decidir sobre sua própria vida. Brincou com os participantes que normalmente os cuidadores, são pessoas que no momento da decisão por quem será o cuidador, aquele que está mais disponível é o escolhido, mas muitas vezes menciona que é o Jaques, que fica com este papel, brincando com os participantes que é aquele que: “já que está por ali, sem fazer nada, já que esta por ali mesmo, já que aposentou, já que é solteiro etc.” Este acaba ficando com este papel, nem sempre sem saber muito bem como o cumprirá. Destaca que é muito importante que o cuidador também se cuide, pois poderá acumular sentimentos até então nunca experimentados, como remorso, culpa, raiva, desgaste emocional, tensão, etc.

Frisou que várias entidades fazem cursos de cuidadores, o próprio IPC faz isto, e que é muito importante que o cuidador busque orientação técnica para executar sua tarefa e também ajuda emocional, ou quem possa ouvi-lo desabafar.

Já a Prof.ª Monica Yassuda – Psicóloga, Mestre em Gerontologia e Resp. pelo curso de Gerontologia da EACH – Escola de Artes, Ciências e Humanidades da Universidade de São Paulo, também deu sua contribuição reforçando aspectos importantes sobre a memoria e sua inter-relação com o estilo de vida de cada pessoa.

Destacou que o desempenho cognitivo/memoria é fruto da interação de muitos fatores como os aspectos biológicos, psicológicos e sociais envolvendo a memoria. Porém ressaltou pesquisas modernas e atuais que destacam com ênfase que o estilo de vida também tem importância sobre como fica sua memoria após os 50, 60 anos e mais. Fatores como, propósito de vida, personalidade, padrões comportamentais, estados afetivos são determinantes psicológicos do desempenho cognitivo na velhice. Aspecto como proposito de vida é fundamental para um envelhecimento ativo além da preservação da memoria, pois é um fator tido como de proteção.

Outros fatores como: atividades de lazer, atividades físicas, atividades mentais, atividades sociais são exemplos de determinantes sociais do desempenho cognitivo na velhice. Mostrou estudos que reiteram a importância do lazer e da atividade física, para a postergação do declínio cognitivo e demências na velhice.

Finaliza reforçando tudo que foi dito com relação a aspectos que devem ser priorizados para se manter a capacidade cognitiva/memoria e ainda no dia a dia sugere:

  • Organize o que precisa lembrar,
  • Use recursos externos, agendas, calendários, listas,
  • Use associações mentais, imagens, rimas,
  • Ensaie várias vezes, separe mais tempo para aprender coisas novas.

O evento foi um sucesso com estas duas grandes profissionais dedicadas a área do estudo sobre envelhecimento da população em geral, com destaque aos nossos aposentados que comparecem em peso ao evento dedicado a eles, e ainda demonstram uma invejável vontade de aprender sempre.

Eles pelo que podemos notar têm pouquíssimos problemas com suas memórias (além obviamente dos normais da idade), pois já seguem a risca tudo que foi mencionado, principalmente aderindo à ideia da importância das atividades sociais para um envelhecimento saudável, este evento é um deles.

Blog no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.