Um engenheiro especialista em Topografia e Georrefereciamento, que no seu tempo livre atua como voluntario em entidades que apoiam o Sumô, um esporte nacional japonês: Tadaaki Kimoto.

12/08/2016 às 17:13 | Publicado em Estaleiro/Mogi das Cruzes, Memoria Servidor, Topografia | 2 Comentários

Em julho, entrevistamos o Diretor da Unidade do Estaleiro, Sr. Tadaaki Kimoto, Engenheiro, admitido em 01/7/1975, portanto com uma longa história e experiências de DAEE para nos contar.

Conta que começou em 1974 como estagiário do antigo convênio DAEE/IPT, atuando como Assistente Aluno da Seção de Geologia Aplicada pelo IPT, na unidade do DAEE de Mogi das Cruzes/ Estaleiro, que por estas coincidências da vida, hoje é o Diretor.

Quando se formou em Engenharia foi contratado pelo DAEE para atuar na da Barragem do Rio Jundiaí, que fica em Mogi das Cruzes.

A obra da barragem estava em seu início, e como chefe de seção de obras era responsável pela construção da Barragem. A Barragem do Jundiaí, onde estava lotado pertencia à diretoria do Vale do Tiete, seu chefe imediato Eng. Pércio Pereira de Souza e o Diretor Geral: Dr.  Salvador Coti.

Em 1978, foi convidado pelo Eng. Pércio para se trabalhar no projeto Parque Ecológico do Tietê – PET, que estava em seu início. Não tinha Parque ainda, e ele e a equipe pioneira deste projeto participaram das primeiras licitações para formação e construção do PET, tudo muito incipiente, comecinho, mas com muita garra e um pouco de intuição da equipe que começava a formar este Parque de muita importância para DAEE, para região e mesmo para população de São Paulo.

Segundo site do DAEE:

“Criado em 30/04/1976, pelo governador Paulo Egydio Martins, o PET foi inaugurado em 14/03/1982. A iniciativa surgiu com o objetivo de preservar o rio Tietê e um pouco de suas várzeas, além de possibilitar uma área de lazer para a população da Região Metropolitana de São Paulo.
Além de sua função de preservar a fauna e a flora da várzea do rio, o Parque Ecológico do Tietê proporciona aos seus usuários uma série de atividades culturais, educacionais, recreativas, esportivas e de lazer, recebendo mensalmente a média de 330 mil visitantes: 300 mil só no seu Núcleo Engenheiro Goulart e 30 mil no Núcleo Jacuí – também na Zona Leste
”.

Lembra-se da equipe que atuava como pioneira nesta época: Eng. Cid Augusto Granado Continue Reading Um engenheiro especialista em Topografia e Georrefereciamento, que no seu tempo livre atua como voluntario em entidades que apoiam o Sumô, um esporte nacional japonês: Tadaaki Kimoto….

Anúncios

Blog no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.