T&D – Treinamento e Desenvolvimento no DAEE – A Equipe da RHSD

29/03/2012 às 18:52 | Publicado em Sem categoria | 5 Comentários
Tags: , ,

Ambiente literalmente feminino e bastante centrado é o RHSD – Serviço Técnico de Desenvolvimento de Recursos Humanos É lá onde se encontram as quatro mulheres do RH de São Paulo voltadas seriamente aos trabalhos que lhes são confiados.

A Equipe é constituída por Meire Quintino, que atua no DAEE há 37 anos e não mede palavras para expor a sua gratidão por tudo que aprendeu e conquistou ao longo do tempo, além de lhe ter auxiliado a criar a sua única filha, Nathalia, hoje com 26 anos, já  formada em Comunicação Social e atuante na área como jornalista; Silvia Helena Louzada, atua na casa há 8 anos, mãe de Gabriela, 21 anos, universitária do 4º ano de Engenharia pela Federal, de Gabriel, com 16 anos, estudante do ensino técnico na GV / Getúlio Vargas; Neide Martins Chesi, no DAEE já há 37 anos, fala do carinho que tem por toda sua família, em especial Marcos Chesi, seu esposo de longa data e sua filha Andréa, e D. Felícia, sua mãe, que vive sob seus cuidados; e ainda sua irmã Nicéia, que como ela atua na área de RH do DAEE.  Larissa Gonçalves Reis, a caçulinha da turma, com 21 anos, é extremamente focada no seu progresso profissional e financeiro, e também muito dedicada aos seus pais e sua única irmã, Laís de 13 anos, com os quais vive.

O grupo é heterogêneo e de formação multidisciplinar, uma vez que Meire,  formada em Serviço Social e Responsável pelo RHSD, destaca que o  Serviço conta com  o empenho de duas Psicólogas – Silvia Helena e Neide Chesi, e ainda com os trabalhos da Pedagoga  Larissa.

Meire inicialmente atuou na área do Serviço Social do DAEE e lá permaneceu por 10 anos; após o que, buscando novos horizontes, acabou se identificando na área de Desenvolvimento de RH; já Silvia Helena trouxe bagagem considerável de empresas privadas e mista, para as quais anteriormente trabalhou, e, explicando que a sua formação é voltada à psicologia organizacional, brinca  “não é  a psicóloga que não deu certo” visto que suas atividades foram sempre voltadas aos setores de recrutamento, seleção e treinamento, por isso aprecia o que faz no DAEE. Neide Chesi galgou o seu crescimento profissional aos poucos no DAEE, sempre com muita seriedade e atenção; acrescenta que, hoje, o RHSD só lhe tem proporcionado realizações, pois sempre gostou de lidar com pessoas. Larissa iniciou no DAEE como estagiária da FUNDAP e, recentemente, foi contratada devido aos resultados técnicos de seus trabalhos que foram observados pela mesma área onde atual, salienta Meire.

As atividades desenvolvidas no RHSD compreendem à Capacitação dos funcionários (o que consiste em cursos, treinamentos, simpósios, reuniões de câmeras  técnicas (FEHIDRO)), Programa “Estagiários”  advindos da FUNDAP, Programa “Jovem Cidadão, Meu primeiro Trabalho”  e Campanha do Agasalho.

Quanto ao trabalho as Reuniões de Câmeras Técnicas, das quais só Engenheiros participam,  ocorrem o ano inteiro e, às vezes são realizadas em São Paulo,  outras, fora do Estado, ou mesmo fora do País;  cabe ao RHSD analisar a solicitação do interessado, fundamentar a necessidade da realização do evento e verificar os recursos financeiros,  custos com inscrição, hospedagem, enfim, instruir processo com os argumentos necessários para submete-los à aprovação superior; quando,  fora do País, compete à área prover o encaminhamento da solicitação ao nosso Secretario e Sec. da Casa Civil e, só depois da anuência,  o processo segue para a publicação.

Todos os Cursos são avaliados criteriosamente pelo RHSD, que deve checar a sua real necessidade, verificar junto à empresa que vai aplicá-lo se a mesma está apta com toda a documentação de praxe (por exemplo, o registro no CAUFESP (Fazenda) e BEC (Bolsa Eletrônica), Impostos em dia, etc.). Havendo qualquer empecilho, o RHSD entra em contato com as empresas para checar o interesse e se há tempo hábil para proverem o que for necessário à efetivação dos cursos. Mesmo em casos em que há argumentação notória por parte de Diretores, o RHSD é responsável para que os cursos sejam exclusivamente voltados à aplicabilidade nas atividades e missão da Autarquia, ou, ainda se, demasiadamente caro, não há recursos para a sua efetivação. Em todas as situações, RHSD faz valer o seu papel de RH esclarecendo aos interessados que, embora cientes de que  todos e quaisquer cursos sejam importantes, só podem ser consideradas as prioridades e as possibilidades financeiras atuais do DAEE para tal. Há uma procura contínua junto ao RHSD, com relação a cursos, o que torna difícil à área precisar o número de atendimentos.

A Campanha de Agasalho, promovida pelo Palácio do Governo, conta com a participação do RHSD, representando o DAEE; atua como responsável pela sua divulgação por meio de Cartazes oriundos do Fundo Social de Solidariedade, e-mails, “RH em Ação” (site do DAEE). Após a abertura da Campanha, Caixas apropriadas, de papelão, enviadas pelo Palácio, com timbre com Fundo Social de Solidariedade, são espalhadas pelo RHSD nas unidades centrais ocupadas pelo DAEE e ali permanecem até o final do inverno; após o que, ao RHSD cabe devolvê-las ao Palácio do Governo. O RHSD efetua Relatório final constando o montante de peças arrecadas,  tanto na capital como no interior.  As unidades do interior passam ao RHSD o total que arrecadaram, pois as caixas lhe são repassadas pelo Fundo Social mais próximo da região. É dessa maneira que se registra a  participação efetiva do DAEE na Campanha.

Também é competência do RHSD gerir internamente o Programa de  Estagiários, não no aspecto de seleção dos mesmo, pois, por força de Decreto, somente a FUNDAP realiza esse procedimento através de concursos públicos. Os melhores classificados são distribuídos, pela FUNDAP, ao DAEE e, então, o RHSD tem a função de alocá-los nas Unidades, realizando, para tanto, entrevista individual para atender tanto a necessidade da área que o solicita, como também  avaliando o perfil de cada um para que ocorra o melhor desempenho das tarefas que forem abraçar.  O RHSD realiza, em conjunto com as Unidades do DAEE, Planos de Estágio que têm a finalidade de levantar as atividades que deverão ser desenvolvidas pelos estagiários, os cursos necessários para sua execução, enfim; após o que, esses Planos são remetidos à FUNDAP, via “on line”.  É competência do RHSD,  acompanhar o desempenho dos estagiários, checando se os mesmos estão atendendo as expectativas do Programa e se está ocorrendo entendimento mútuo entre os mesmos com a área onde atuam.

O Programa Jovem Cidadão exige muita dinâmica por parte do RHSD. Foi instituído pelo Governo Estadual, através da Secretaria de Emprego e Relações do Trabalho – SERT e existe desde 2010. O objetivo é dar chance de trabalho ao jovem com idade de 16 à 21 anos, cursando o ensino médio, permitindo-lhes desenvolver os primeiros conhecimentos profissionais. Havendo o interesse por parte do jovem, este faz a sua inscrição junto ao Poupatempo mais próximo de sua residência, ou por meio do CAT (Centro de Apoio ao Trabalhador), que os distribuem dentre todos os Órgãos de São Paulo, sendo que o tempo de trabalho será, a princípio, de 6 meses; podendo prorroga-lo por mais seis meses,  nunca excedendo a um ano. O RHSD é quem solicita o número de vagas de Jovens Cidadãos à SERT. Cada Unidade solicitante do DAEE possui um Supervisor a quem cabe informar ao RHSD se o mesmo está adequadamente desenvolvendo os trabalhos na área. Em média, o número de Jovens Cidadãos no DAEE compreende a 74 e permanecem por aqui somente até a conclusão do 3º ano do ensino médio, por regra. O RHSD procura alocá-los nas áreas, após entrevista, observando seus interesses, sua desenvoltura, seus conhecimentos, enfim. Para melhor cumprir as regras do Programa, o RHSD realiza Integração dos Jovens Cidadãos, focando o que é o DAEE, as regras de trabalho, a imprescindibilidade do uso da camiseta cedida pelo DAEE, com seu respectivo logotipo, Programa, a necessidade de se cumprir horários, de se ter motivação em suas tarefas, o desenvolvimento interpessoal, enfim, tudo é feito com muito carinho pela área, que por meio de exercícios de dinâmica com os Jovens, visando tanto lhe fornecer as orientações necessárias como também lhes dar boas vindas.

O RHSD é também é um exemplo de cooperação: todas se unem e se afinam com os trabalhos da área com um todo e, atualmente, estão desenvolvendo um Programa voltado tanto à evolução como à autoestima dos funcionários do DAEE.

Caso vocês queiram quaisquer informações sobre as atividades da área o fone de contato é 3293 8324, 3293 8325, 3293 8280.  

E nós do Blog e do DAEE em geral, vamos aguardar ansiosamente pelo Programa que elas estão desenvolvendo (oba)……

Anúncios

5 Comentários »

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

  1. Super simpáticas, sempre dispostas a esclarecer as dúvidas, fazem um maravilhoso trabalho.
    Parabéns meninas!!

  2. Agradecemos aos colegas do RHPS, pela divulgação no BLOG dos trabalhos que vem sendo desenvolvidos através do RHSD.

    Parabéns pela matéria.

  3. Parabéns meninas!!!!

  4. Parabéns equipe do RHPS pelo ótimo trabalho de valorização dos funcionários que vem sendo desenvolvido através deste blog!

    • Este trabalho pra nós é um estimulo, pois nossos servidores merecem.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.

%d blogueiros gostam disto: