Ricardo Daruiz Borsari – Um Engenheiro especialista em estruturas hidráulicas, com grande capacidade gerencial e perfil para administração pública.

06/06/2011 às 18:41 | Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário
Tags: ,


No dia 23/5 entrevistamos o engenheiro Ricardo D. Borsari, profissional de agenda lotada, devido a sua área de trabalho. Atualmente atua como Diretor na Área de Engenharia e Obras do DAEE, sendo responsável por obras na Região Metropolitana, principalmente no rio Tietê, à jusante da Barragem da Penha e ainda do Programa Água Limpa, em todo estado.

Ricardo é paulistano, casado há 32 anos, tem 03 filhos. Seu pais nasceram no interior paulista e já há na família tradição na área de engenharia, pois seu pai era engenheiro e seus tios também.  Perguntado se quando optou por ser engenheiro  tinha certeza da sua escolha profissional, disse que não, naquela época não tinha certeza de nada, mas hoje se considera realizado com seu trabalho. Perguntamos se era um aluno acima da média na escola, disse que não, era um aluno mediano. Porém no último ano do ensino médio resolveu que iria entrar na Escola Politécnica e passou a estudar muito, diariamente. O resultado foi realmente compensador, pois alcançou o seu grande objetivo, conseguindo ingressar na USP, na tradicional POLI. Pelo jeito é focado no que quer desde jovem.

Ricardo cursou a faculdade de engenharia, tendo estagiado no 5º e último ano no Centro Tecnológico de Hidráulica – CTH, por força da influência do Prof. Giorgio Brighetti também do CTH e Politécnico. Formou-se em 1977.  Em 1978 já atuando como profissional do DAEE trabalhou no Laboratório de Hidráulica de Jupiá. Foi uma experiência muito boa.

Retornando ao CTH, ficou de 1979 até julho de 2001, passando por todas as áreas técnicas, como modelagem física de estruturas hidráulicas e ensaios de máquinas hidráulicas, turbinas e bombas. Foi inclusive Diretor do CTH de 1998 a 2001 e Presidente da FCTH – Fundação Centro Tecnológico de Hidráulica por dois mandatos.
Nesse ínterim foi também Professor na área de engenharia do Mackenzie, FAAP, Politécnica e PUC. Terminou seu mestrado na área de engenharia hidráulica em 1989.

De julho de 2001 a fevereiro de 2007 atuou como Superintendente do DAEE, tendo realizado grandes obras, como o aprofundamento e alargamento do rio Tietê, e barragens no Alto Tietê, entre outras, na época, consideradas uma das principais obras do Governo do Estado. Retornou ao CTH em julho de 2008 permanecendo até julho de 2009, quando novamente retornou ao DAEE/Sede. Agora com novas atribuições, conforme já mencionamos, como Diretor da DEO, Coordenador do Programa Água Limpa e do Gerenciamento e da Manutenção do rio Tietê.

Ricardo disse que o CTH foi um período de rico aprendizado, mas que a vinda para o DAEE/Sede no papel de Superintendente lhe deu visão mais ampla do DAEE.  Apesar de engenheiro não era um “tocador de obras” e que com a ajuda da equipe daqui, aprendeu muito. Veio justamente no período das obras da calha do Rio Tietê – Fase II e ainda do Plano Diretor de Macro Drenagem. Na época que assumiu, só haviam 06 piscinões em São Paulo, e ao deixar o cargo, já eram 24 prontos. O DAEE passou a ter uma projeção muito maior, o que também foi bastante positivo.

Orgulha-se também do Programa Água Limpa, criado em 2005 pelos técnicos da casa, que surgiu da experiência da atuação dos técnicos junto às Prefeituras, e foi concebido no sentido de garantir saneamento básico às mesmas, através de orientação técnica, projetos e obras gerenciados pelo DAEE, com recursos do Estado obtidos pelo Departamento. Foi uma idéia muito bem aceita pelo Governo do Estado, que prosperou, estando atualmente  numa fase de reestruturação e só tende a melhorar e cumprir seu papel junto à população.

Perguntado também sobre seu apoio à área de engenharia ambiental, criada na sua administração, disse que a mesma foi consequência do projeto da Calha do Tietê, mas que como administrador sabe da importância da postura proativa e não reativa que o DAEE deve ter frente às questões ambientais, o que é coerente com uma Autarquia que lida com assuntos ligados a recursos hídricos. O DAEE sempre foi pioneiro nessas questões, apesar de não fazer muita propaganda, a exemplo da criação do Parque Ecológico do Tietê, cujo objetivo foi à manutenção e preservação das várzeas do rio Tietê à montante da Penha.

Perguntado sobre os técnicos que o influenciaram na sua carreira, cita os professores e profissionais do DAEE: Giorgio Brighetti, Kikuo Tamada, Odair José de Souza, Ângelo R. Rafaelli Cuomo, excepcionais técnicos em suas áreas e ótimas pessoas. 

Da sua equipe atual cita que todos são excelentes, mas que alguns são seu suporte, como Guerra,  Cecon, Marcio Ribeiro, Lupércio, Nashiro, Celso e Hamilton. Lembra-se ainda da ajuda de outro profissional da área jurídica, fundamental para a finalização do projeto da calha do Tietê: José Nuzzi Neto – Procurador do DAEE. Como a obra foi embargada durante sua execução, não teria sido concluída sem a intervenção dele, e ainda, importantíssimo foi o apoio do Prof. Goldemberg, que na época era Secretario do Meio Ambiente, na liberação dos licenciamentos para continuidade das obras.  O trabalho multidisciplinar é muito importante e base para que os resultados da Autarquia sejam atingidos.

Ricardo é um profissional muito conceituado, com um curriculum invejável e que esteve à frente dos últimos acontecimentos envolvendo a Autarquia: Obras e Serviços, Rede Telemétrica, Radar, Sala de Situação, Área de Engenharia Ambiental no DAEE, Piscinões, Água Limpa, etc. É ainda um profissional assertivo, ou seja, vai direto ao ponto.

Perguntamos se o seu lado técnico se sobrepõe ao administrativo/gerencial, ao que ele respondeu que não. Disse que apesar de adorar sua profissão, sempre se viu envolvido nas questões administrativas, pois sempre foi solicitado a fazer as coisas acontecerem, gerenciar, administrar, organizar. As coisas foram acontecendo naturalmente pelo seu perfil. Perguntei se se considerava um líder, ao que ele respondeu: “Isto eu não sei, deixo pros outros responderem”.

Anúncios

Deixe um comentário »

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.

%d blogueiros gostam disto: