“I Concurso Cultural de Fotógrafos Amadores realizado no Parque Ecológico do Tietê (PET) em 2010” e Serviços Oferecidos à população pelo PET.

20/12/2010 às 16:18 | Publicado em PET - Serviços Oferecidos | Deixe um comentário
Tags:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Informações aos Usuários do Parque Ecológico do Tietê

  1. Parque Ecológico do Tietê 
Como sub produto das obras de retificação do rio Tietê, concebeu-se o Parque Ecológico  do Tietê, proposta urbanística da maior significação para a região metropolitana de São Paulo”
Criação: Decreto Estadual 7.868 de 30 de abril de 1976
Inauguração: 13 de abril de 1982
Projeto Arquitetônico Paisagístico – Arquiteto: Ruy Othake
 
1.1. Histórico 
O Parque Ecológico do Tietê foi criado em 1976, para cumprir a relevante missão de preservar as várzeas do rio Tietê na região metropolitana de São Paulo, áreas que protegem a população dos efeitos das chuvas, uma vez retém as águas fluviais, quando da ocorrência da inundações. 
Com uma área total de 14 (quatorze) milhões de metros quadrados, o Parque Ecológico do Tietê é administrado pelo Departamento de Águas e Energia Elétrica, DAEE, órgão subordinado à Secretaria de Saneamento e Energia do Governo do Estado de São Paulo, e está dividido em três Centros de Lazer: 
Ilha do Tamboré, Ilha do Bacuri, localizadas no Município de Barueri,e o Centro de Lazer de Engenheiro Goulart, na zona leste da Capital, que é o maior, mais importante por ser mais freqüentado.
 Além de sua função de preservar a fauna e a flora do rio, o Parque Ecológico do Tietê proporciona aos seus usuários uma série de atividades culturais, educacionais, recreativas, esportivas e de lazer, recebendo mensalmente cerca de 180 (cento e oitenta) mil visitantes que freqüentam regularmente seus Centros de Lazer.
 Face a multiciplicidade de suas atribuições, e gama de equipamentos sociais, disponíveis nesses locais, a saber: Centro de Recuperação de Animais Silvestres, Viveiros de Mudas englobando espécies variadas, Olaria, Minhocários, Programa de Educação Ambiental, Orquidário, Trilhas para caminhadas a Pé, Teatro Arena, Anfiteatro, Salão de Ginástica e Dança, Pista de Cooper com extensão de 4,5 Km, Pista de Bicicross, Palco ao ar livre, Quadras Poliesportivas, Campos de Futebol, Conjunto Aquático compreendendo uma Piscina Olímpica e dois Balneários, Playground’s, Sanitários, Vestiários, Ambulatórios, Quiosques, Churrasqueiras e Bosques com Lago, o Parque Ecológico do Tietê pode hoje ser considerado um Grande Laboratório de Educação e Cultura com vistas ao estudo do meio ambiente, configurando-se como catalisador de experiências viáveis e de possibilidades de melhoria de vida da comunidade.
 
1.2. Oficina Cultural do Tietê
A Oficina Cultural do Tietê tem como objetivo congregar as atividades culturais, que visam a proteção do Rio Tietê e a divulgação dos Projetos Pedagógicos do Departamento de Águas e Energia Elétrica, alusivos a este rio, que forneçam subsídios para compreensão da problemática ambiental. Representam uma oportunidade de reflexão para a comunidade, em busca do entendimento da multiplicidade de relações existentes em nossa sociedade no que se refere as transformações da realidade.

1.3. Museu do Tietê
A criação do Museu do Tietê representa o resgate da história do mais importante rio do estado de São Paulo, através da institucionalização de um espaço significativo para a compreensão do nosso passado histórico e de sua preservação.
 
1.4. Biblioteca do Tietê
A Biblioteca do Tietê representa uma instituição de pesquisas e estudos, propiciando à população carente de espaços culturais, a oportunidade para desenvolver leituras que versam sobre os mais variados temas, mas com maior ênfase em relação às questões ambientais, ao RIO TIETÊ, e a história de São

1.5 Centro de Educação Ambiental:
O Centro de Educação Ambiental objetiva criar um canal de orientação no que se refere à organização do ambiente dirigida à melhoria da condição de vida e à ampliação de possibilidades de participação consciente da comunidade. Procura-se gerar uma consciência ecológica estabelecida através de uma visitação construtiva e consciente, possibilitando a formação de agentes multiplicadores de informação. Este programa contempla:
1.5.1. A Caminhada do Tietê, 5.000 metros de contemplação, na observação das plantas e animais em vida livre, identificação das espécies, hábitos e habitat, estudos de flora e fauna do rio Tietê, e observação das interferências atuais do homem, como a questão de poluição e levantamento de soluções;
1.5.2. Visita à área de preservação visando a exploração livre a recuperação de animais silvestres que estão em cativeiro, soltura, dos mesmos, lixo reciclável etc;
1.5.3. Coleta de sementes, semeaduras e plantio de árvores.

 1.6. Equipamentos Esportivos e de Lazer.  O Parque dispõe ainda de 07 quadras esportivas sendo 02 poliesportivas localizadas no centro de lazer de Tamboré e 05 em Engenheiro Goulart a saber: 03 de futebol de salão, 01 de volley-ball e 01 de basquete. 

Além das quadras mais 17 campos de futebol, que são cedidas a comunidade para à pratica dessa modalidade esportiva. O conjunto aquático dispõe de 04 piscinas sendo, 01 infantil, 01 semi-olímpica com 25 metros e comprimento e 02 balneários.  

 2. Como chegar ao Parque Ecológico do Tietê Visitação: Endereço: Rua Guira Acangatara, 70, CEP 03719-000 – Engº Goulart – SP – Horário: 2ª a domingo das 8h às 17h   

Tel. 2958-1477Acesso: 1) Av. Dr. Assis Ribeiro, na altura do nº 3000, 2) Rodovia Ayrton Senna, Km 17, Retorno USP 3) CPTM – Desembarque na estação Eng. Goulart. 4) Sptrans – 2718 – 31 – Jd. Keralux – Metrô Penha 

2.1. Como chegar ao Centro de Lazer Ilha do Tamboré  Visitação Endereço: Av. Dr. Dib Sauaia, 1.600- Alphaville – Barueri Horário: 9:00 às 17:00 horas  – 2ª à domingo ·

Agendamento: tel. 4161.2585, com a Administração do Parque Atividades e equipamentos que precisam ser agendados: Área Esportiva, Educação Ambiental, Quiosques e Salões, Ilha do Bacuri e Batistério    

(Texto e trabalho elaborado pelo Centro Cultural Rio Tietê –  e-mail: centroculturaldotiete@daee.sp.gov.br)

As fotos acima servem para exemplificar a importância e beleza do Parque Ecológico do Tietê para a cidade de São Paulo. Sua beleza, fauna, flora, filosoofia de trabalho, etc.

As fotos acima são  frutos do I Concurso Cultural de Fotógrafos Amadores, realizado nas dependências do PET. Os méritos pela realização do concurso foi do Instituto Brasileiro de Defesa da Natureza, juntamente com o Centro Cultural do Rio Tetê /PET,  através da equipe do nosso amigo Vitor Maniero.

Parabéns a todos os participantes e organizadores da mostra de fotografia, pois as fotos são lindíssimas. Apesar dos méritos da natureza, há também uma demonstração de competência dos fotógrafos, ditos amadores. 

Anúncios

Deixe um comentário »

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.

%d blogueiros gostam disto: