Futuridade – I Seminário “As Múltiplas dimensões do envelhecimento e a valorização da pessoa idosa”.

29/11/2010 às 12:53 | Publicado em Sem categoria | 2 Comentários
Tags:

Foi realizado no dia 25/11 no auditório da Secretaria da Educação, o I Seminário Futuridade, cujo tema encontra acima.

O futuridade é um Plano do Governo do Estado de S.Paulo para pessoa idosa, coordenado pela Secretaria Estadual de Assistência e Desenvolvimento Social – SEADS. O programa criado em 2008 existe para fazer frente aos desafios do crescente envelhecimento da população paulista, pois os números são expressivos e as projeções indicam que contingente de idosos será cada vez maior.

Se por um lado viver mais é uma das maiores conquistas da humanidade, por outro lado o fenômeno da longevidade chegou antes que o nosso país tivesse encontrado soluções para resolver seus graves problemas sociais, gerados durante mutos anos. Assim o Futuridade busca assegurar melhor qualidade de vida para os idosos, pois o grande desafio “não é somente somar mais anos de vida, mas sim vida aos anos”.

No evento berto pelo Secretário do SEADS, teve a participação do Secretário Adjunto da Habitação, a Vice Prefeita Dra. Alda Marco, Representante da Secretaria de Educação,  Integrantes de movimentos ligados aos direitos dos idosos, além de profissionais renomados que discutiram e trouxeram reflexões sobre o tema em pauta. 

Dra. Alda Marco Antonio, reforçou que o Estado de S.Paulo, tem que dar conta de demanda alta pois a sua população é proveniente não só do Estado, mas de todo Brasil. Informou que os idosos mais vulneráveis são os sem famílias.   Segundo ela problemas sociais acarretam idosos abandonados.Hoje segundo dados,  existem 720 idosos morando em albergues dos quais 85% homens e 15% mulheres.  No caso dos mulheres em situação de risco, a maioria apresenta problema de comprometimento mental. Apesar da tese de que o ideal para os idosos seria permanencer com as famílias, cabe ao Estado assumir a responsabilidade de cuidar dos idosos de alta vulnerabilidade, pois não adianta contar só com as famílias.  É uma tarefa árdua e cabe aos profissionais que atuam nesta área estarem propondo ações e políticas para atendimento  a esta população.  

Segundo Dra. Marlene B.Zola, que falou sobre a rede social basica e especial de atenção ao idoso, comentando sobre a LOAS (1993) – Lei Orgânica da Assistencia Social, e o papel dos CRAS – Centro de Referencia e Assist. Social: “o envelhecimento não é um problema social, é uma conquista, um triunfo e reflexo do sucesso das políticas públicas, mas o que fazer com este sucesso?”.

Ainda foi discutido sobre o BPC – Benefício de Prestação Continuada, que está na Constituição e é  regulamentado pelo Estatuto dos Idosos, conferindo ao idoso maior de 65 anos, um salario mínimo, desde que a renda familiar não ultrapasse 1/4 do salário minimo. Segundo dados, somando-se o BPC mais o bolsa família consomem 1% do PIB Nacional, sendo estes responsáveis por aproximadamente 1/3 da redução da desigualdade e pobreza do país.

Segundo estudos e estimativas em 2025 teremos o Brasil como o 6º pais do mundo em número de pessoas com mais de 60 anos. O Brasil só ficará atrás de China, India, EUA, Japão, Indonésia, portanto teremos a inversão da piramide de 1950 onde a base era formada majoritariamente por pessoas até 14 anos, em 2050 teremos mais idosos e menos crianças.

Os dados de S.Paulo com relação ao tema são:

Total de familias: 12 milhões (27,5% com idosos)

Familias compostas por idosos: 1,3 milhão 

Idosos morando sozinhos: 712 mil (5,9% das familias)

Mulheres idosas morando sozinhas: 529 mil (4,3% do total de familias no Estado)

Expectativa e Esperança de Vida: Mulheres: 60 + 22,4 (anos); Homens: 60 + 18,4 (anos).

A última palestra proferida pela Dra. Marilia  Louvison – Coord. Área Técnica de Saúde da Pessoa Idoso do SUS/SP começou sua fala trazendo ao público algumas reflexões para uma platéia formada majoritariamente por pessoas acima de 50 anos : Somos velhos? Gostaríamos de voltar a ser jovens? Do que temos medo ao envelhecer? Como pensamos na nossa própria morte? Comentou ainda alguns mitos sobre o envelhecimento citando Simone Behavouior: Velho é sempre o outro!!!

Depois desta rica discussão e reflexão sobre o tema, mencionou quais são os determinantes, segundo princípios das Nações Unida,  para um envelhecimento ativo: Participação (social, cidadadania); Saúde, Segurança (apoio),   além obviamente de fatores individuais: genero, idade, cultura, hábitos alimentares, acesso a serviços de saúde e oportunidades.

As palestras da Dra. Marilia podem ser acessadas através do site da Escolas de Governo. Finalizou a apresentação com uma apresentação muito interessante e bonita do Dr. Renato Maia que diz como envelhecer como os animais – que pode ser vista no site www.renatomaia.com.br.

O site do SEADS – www.desenvolvimentosocial.sp.gov.br, também tem muitas informações inclusive com públicações que podem ser acessadas e impressas sobre o tema.

Anúncios

2 Comentários »

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

  1. OLá,

    Buscando informações sobre o doutor Reynaldo de Paula Junior encontrei este Blog onde o nome dele aparece várias vezes. Pelo que pude ler em alguns artigos ele faleceu. Em 1992 ele me passou alguns dados climaticos do municipio de Ibitinga e ocmentou que muitos outros dados existiam mas que não estavam tabulados em base digital. Gostaria manter contato com alguem que tenha alguma informação sobre esta base de dados.

    Att,

    Frauzo.

    • Bom Dia,o Dr. Reynaldo de Paula Junior foi um dos grandes especialistas na área de hidrologia, muito exigente e competente nesta área. Voce pode entrar em contato com o Dr. Sergio Cirne de Toledo, que tbem tem uma materia neste blog para obter informações sobre a rede hidrologica.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.

%d blogueiros gostam disto: