Maduros e Capazes: O poder dos cabelos brancos nos cenários empresariais

04/02/2010 às 12:00 | Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário
Tags: ,

Antigamente enchíamos o peito para afirmar que o Brasil era um país de jovens. Era! A pirâmide já se inverteu e, conforme as estatísticas demográficas seremos, em 2050, 244 milhões de brasileiros sendo 49 milhões de jovens e 42,2 milhões de idosos. Isso significa que a população idosa, que representava uma fatia de 5,1%, dos habitantes vai saltar para quase 20% do contingente nacional.

Estes percentuais e números irão alterar muito em breve o cenário produtivo no Brasil. As pessoas que eram afastadas do mercado de trabalho por serem consideradas velhas depois dos 40 ou 50 terão seuscapital emocional e experiência de vida valorizada.

Mesmo com o aumento da nossa longevidade, o tempo produtivo do brasileiro é restrito. O jovem sai cedo da faculdade e, já aos 40 anos, é considerado “velho”, ultrapassado, incentivado pelas empresas para se aposentar. Este é ainda um grande erro de nossa cultura empresarial, já que as pessoas mais maduras ainda têm muito mais para oferecer do que o imaturo profissional que acaba de se qualificar. As empresas, no entanto, parecem não estar prestando atenção quando o assunto é reter seus profissionais acima de 50 anos.

Pesquisa recente realizada pela Manpower (empresa de RH) aponta que apenas 14% dos empregadores de todo mundo traçam estratégias para recrutar profissionais com mais de 50 anos e apenas 21% buscam reter esses talentos na organização. O resultado disso é a perda de produtividade com a saída dessas pessoas com mais experiência e que, hoje em dia, estão se reciclando e competindo de igual para igual com as novas gerações.

As empresas podem avaliar em seu quadro de colaboradores, quais se aposentarão nos próximos cinco ou dez anos e prepará-los para uma nova etapa de suas vidas. Esta ação é importante para medir o potencial intelectual e de produtividade que será perdido quando estas pessoas deixarem a empresa, que podem contribuir, e muito, para as incorporações uma vez que já acumularam muita experiência e ainda dispõem de vitalidade.

Para alívio dos que alcançaram a “boa idade”, a experiência está sendo valorizada no mercado, que estava antes focado na energia e na atualidade do conteúdo dos profissionais mais novos. Para isso, muitos estão investindo em si mesmos. Mas para que você possa estar “dentro” do mercado deve manter-se atualizado e damos como sugestões:

  1. cuide do seu bem-estar físico geral (exercícios e alimentação adequada), pois gera mais vitalidade;
  2. conheça os próprios limites e não trabalhe como se o mundo fosse acabar no dia seguinte;
  3. busque equilíbrio entre trabalho, lazer, atualização profissional e vida familiar, o que vai permitir qualidade de vida e bem-estar para se dedicar ao trabalho com boa disposição,
  4. atuar como agente de bons relacionamentos interpessoais;
  5. na atualização profissional permanente, faça cursos de curta ou longa duração como os técnicos, de especializações e MBA;
  6. na convivência com os que estão iniciando-se na vida profissional, tire proveito de sua linguagem, suas novas idéias, enfoques, valores e teorias, que podem trazer contribuições para o seu crescimento;
  7. invista em novas alternativas para se tornar empreendedor, mudar de atividade, canalizar a sua experiência profissional como instrutor ou consultor,
  8. buscar concursos públicos ou mudar de uma grande para uma pequena empresa onde a idade não pesa tanto e a sua experiência e conhecimento são valorizados.

Este é o cenário que temos para o novo velho Brasil. Um país que muito em breve reconhecerá o poder dos cabelos brancos e o valor de cada ruga.

Por Rosane Magaly Martins

A autora é advogada, pós-graduada em Gerontologia e presidente do Instituto Ame Suas Rugas.  Site: www.amesuasrugas.org 

Anúncios

Deixe um comentário »

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.

%d blogueiros gostam disto: