Um engenheiro com vasta experiência profissional e atualmente a frente da G.E.N – Gerência de Engenharia do DAEE: Silvio Luiz Giudice.

01/11/2012 às 16:56 | Publicado em Sem categoria | 2 Comentários
Tags: , ,

Este slideshow necessita de JavaScript.

Há muito tempo estávamos querendo entrevistar nosso colega Silvio Giudice, como é mais conhecido. Porém como estamos em locais  de trabalho distantes, nós na Rua Boa Vista e ele na Barragem da Penha, optamos por pedir uma entrevista por e-mail. Nestes casos normalmente alteramos o texto e o colocamos no padrão deste blog, mas em especial desta vez, o texto ficou tão bom (e até melhor que o nosso) que optamos em deixar no formato enviado pelo nosso entrevistado.

Antes de iniciar a matéria ressaltamos que Silvio Giudice, além de  profissional com vasta experiência obtida através da vivência nas diversas diretorias do DAEE por onde passou e se destacou, é muito admirado pelos seus colegas, pares, servidores sob sua liderança, além destes sempre destacarem seu bom humor no dia a dia.

Segue entrevista.

Meu ingresso no DAEE foi na sua antiga sede na Rua Riachuelo como estagiário, no final de julho de 1979. Na ocasião, cursava Tecnologia de Obras Hidráulicas na Faculdade de Tecnologia de São Paulo – FATEC/SP. Meu primeiro serviço foi como auxiliar do Eng.º Carlos Hirochi Moribe, que na ocasião pertencia aos quadros do IPT, na coleta e análise de informações de dados de vazões e níveis de rios para desenvolvimento do relatório intitulado “Estudos Estatísticos de Precipitações e Deflúvios para a Bacia do Rio Ribeira de Iguape”, numa Divisão da então Diretoria de Planejamento – DP, intitulada PP, no chamado Projeto Juquiá, cujo consultor na área de hidrologia era o Dr. Sunao Assae, que atualmente é Assessor da Secretaria de Saneamento e Energia – SSE.

Pouco tempo depois, com a vinda de Engenheiros do Japão para prestar consultoria no Projeto Juquiá, ainda como estagiário, fui convidado pelo Dr. Hiroaki Makibara para um treinamento na área de projetos em hidráulica (canais, túneis e aquedutos) pelo Dr. Flávio Augusto Câmara, que na época era consultor da CETESB, e também auxiliei o Eng.º José Santos nos levantamentos de quantidades do referido projeto.

Logo após a minha graduação em Tecnologia (dez/81), fui contratado temporariamente (via Consórcio) como Técnico em Hidráulica e iniciei o curso de complementação em Engenharia Operacional, sendo que em maio de 82 fui contratado como Tecnologista para trabalhar no Centro Tecnológico de Hidráulica – CTH. A minha intenção era trabalhar na área de modelo reduzido daquele laboratório, mas, no entanto, fui convidado a retornar à equipe do Dr. Hiroaki na Rua Riachuelo, onde a partir de então passei a ser orientado pelo Eng.º Orlando Natale, também pertencente aos quadros do IPT, e que atualmente trabalha na Fundação CTH, onde fui treinado no desenvolvimento de lay-outs de implantações de barragens.

Também nessa época, tive a oportunidade de receber orientação técnica do Eng.º Alfredo Pisani, que na ocasião era o Diretor da Residência de Obras Continue Reading Um engenheiro com vasta experiência profissional e atualmente a frente da G.E.N – Gerência de Engenharia do DAEE: Silvio Luiz Giudice….

Dia do Funcionário Público e Homenagem ao Servidor – Concurso de Fotografias: O que faz o DAEE

23/10/2012 às 17:15 | Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário
Tags: , ,

Este slideshow necessita de JavaScript.

Aproveitando a finalização da SIPAT em 2012, no dia 19/10 foi realizado a exposição com as fotos enviadas pelas diversas unidades e servidores  para o concurso lançado mês antes cujo objetivo era homenagear o servidor público do DAEE.

O concurso buscava fotos que retratassem o cotidiano dos servidores do DAEE, enfatizando e valorizando as diversas funções exercidas pelos servidores e pela Autarquia no cumprimento da sua missão.

A exposição e premiação de três fotos estavam atreladas também a comemoração do Dia do Funcionário Público, que ocorre anualmente no dia 28/10.

Coletamos informações no Google sobre esta data comemorativa e como foi instituída.

No dia 28 de outubro comemora-se o dia do funcionário público. A data foi instituída no governo do presidente Getúlio Vargas, através da criação do Conselho Federal do Serviço Público Civil, em 1937. Em 1938 foi fundado o Departamento Administrativo do Serviço Público do Brasil, onde esse tipo de serviço passou a ser mais utilizado.

As leis que regem os direitos e deveres dos funcionários que prestam serviços públicos estão no decreto nº 1.713, de 28 de outubro de 1939, motivo pelo qual é o dia da comemoração desse profissional.

Em 11 de dezembro de 1990, foi publicado o novo Estatuto dos Servidores Públicos Civis da União, das autarquias e das fundações públicas federais, a Lei nº 8112, alterando várias disposições da antiga lei, porém os direitos e deveres desses servidores estão definidos e estabelecidos na Constituição Federal do Brasil, além dos estatutos das entidades em que trabalham.

O dia 28 de outubro é dedicado ao funcionário público como uma data comemorativa de especial significado no calendário brasileiro.

Trata-se de um momento de grande importância, por contemplar milhões de brasileiros, nas diversas esferas de poder, que contribuem e servem ao Estado e, em especial, à sociedade, nas mais diferentes áreas de trabalho.

Retornando ao concurso de fotos pra homenagear os servidores do DAEE, recebemos em torno de 80 fotos de todas as Diretorias representando o que o DAEE faz: cessão de maquinários a prefeituras, realização de obras e canalização de córregos, perfuração de poços, barragem, educação ambiental, museu do Tietê, geólogos inspecionando solos, medição de vazão, fiscalização de recursos hídricos, parques ecológicos, área administrativa dando apoio ao pessoal técnico, vistorias, sala de situação, mecânicos e motoristas atuando, atuação no rio Tietê, dragas, atuação junto a enchentes, gestão de obras, piscicultura, atuação da área de Recursos Humanos, etc.

As 22 fotos escolhidas para exposição foram: Continue Reading Dia do Funcionário Público e Homenagem ao Servidor – Concurso de Fotografias: O que faz o DAEE…

Outorga – O que é? Onde e como solicitar a outorga?

01/06/2012 às 19:42 | Publicado em Sem categoria | 2 Comentários
Tags:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Após entrevistarmos para este blog a Diretora da área de Outorga do DAEE – Eng. Leila de Carvalho Gomes e em virtude da demanda de serviços nesta área, achamos oportuno postar orientações sobre esta atividade realizada pelo DAEE.

Os recursos hídricos superficiais e subterrâneos são bens públicos que todos têm direito ao acesso e utilização. Cabe ao poder público controlar e administrar esse uso, de maneira a atender todas as necessidades. Por isso, qualquer pessoa ou empresa que deseja fazer uso das águas de um rio, lago ou mesmo de águas subterrâneas, deverá solicitar uma outorga (autorização, concessão ou licença) ao Poder Público. 

 A Lei Estadual  7663/91,  artigos  9º E 10º estabelecem que a implantação de qualquer empreendimento que demande a utilização de recursos hídricos, superficiais ou subterrâneos, a execução de obras ou serviços que alterem seu regime, qualidade ou quantidade, bem como a derivação e uso dos mesmos, assim como o lançamento de efluentes, dependerá de outorga. 

No Estado de São Paulo cabe ao DAEE – Departamento de Águas e Energia Elétrica o poder outorgante, por intermédio do Decreto 41.258, de 31/10/96, de acordo com o artigo 7º das disposições transitórias da Lei 7663/91 – Responsável pela emissão da outorga de recursos hídricos para usuários públicos e privados.

 Se você quiser autorização para utilizar água para seu empreendimento, como:

  • Captação,
  • Lançamento,
  • Barramento,
  • Canalização,
  • Travessia,
  • Extração de minérios e desassoreamento em rios, lagos e nascentes,
  • Captação subterrânea (poço profundo).

 Com finalidade de uso em:

  • Abastecimento público,
  • Uso industrial,
  • Irrigação,
  • Piscicultura e outros.

 Procure a Diretoria de Bacia do DAEE que cuida da área onde se localiza o seu empreendimento e receberá as informações corretas. O modelo de requerimento, bem como a relação dos documentos que deverá acompanhá-lo, será fornecido pela Diretoria de Bacia do DAEE.

Você também encontra esses documentos no site do DAEE: www.daee.sp.gov.br

 O DAEE está organizado regionalmente por Diretorias de Bacias Hidrográficas: Continue Reading Outorga – O que é? Onde e como solicitar a outorga?…

Parque Jacuí: uma nova área para para esporte, lazer, cultura, recreação e educação ambiental para população da zona leste de São Paulo.

28/02/2011 às 16:15 | Publicado em Sem categoria | 7 Comentários
Tags: ,

Este slideshow necessita de JavaScript.

No último dia 10 de fevereiro estivemos no Parque Jacuí, localizado bem próximo ao Parque Ecológico do Tietê, para conhecermos o local. Fomos prontamente atendidos pelo servidor do DAEE Gilson Prado (53 anos), Luis Carlos, (apelidado de  Maranhão) e Fabio Pellaes (30 anos), Gestor do Parque, estes dois últimos pertencentes a empresas terceirizadas que atuam no Parque.

Gilson, servidor do DAEE há 31 anos, está atuando na parte administrativa do Parque desde seu início, juntamente com esta equipe nota dez, pequena em números mas otimizada já que tem experiência neste tipo de atividade, ou seja atender a população local, fazer o parque funcionar e, buscar sempre a melhora alternativa para que o Parque efetue sua função, que é de preservação da Varzea do Tietê, além de proporcionar a população local,  lazer, educação ambiental, cultura etc. Fazem parte da equipe ainda o engenheiro agronômo Leandro Guerra e,  Renata Salles que atua na recepção dos usuários.

Segundo a equipe que lá atua o Parque atende nos finais de semana de 2.000 a 4.000 pessoas, sendo que a população usuária está cooperando e zelando pelo patrimônio, pois se no inicio tinham alguns problemas com uso inadequado dos equipamentos, hoje eles mesmos orientam as pessoas a preservarem o local, não deixar torneiras abertas, jogar o lixo no local correto, usar bem os equipamentos,  etc. A churrasqueira é super disputada (deve ser agendada antecipadamente) e as pistas de bicicross e skate trazem  público jovem que sempre sugerem melhorias para estes equipamentos.

Nós servidores do DAEE ficamos orgulhosos com o Parque e o trabalho da equipe, pois a infraestrutura do Parque Jacuí  novinho em folha é de fazer inveja. A  população moradora da zona leste com certeza irá se beneficiar dos serviços oferecidos.

Parabéns e sucesso aos servidores que lá atuam, pois este é o primeiro dos 32 núcleos que fazem parte do Projeto Varzea do Tietê, sendo que este projeto  trará inúmeros  benefícios a população e ao estado em geral.

Segue abaixo matéria sobre o Parque Jacuí publicada na época da sua inaguração,além de  fotos tirados pela nossa equipe e orientações como chegar lá.

Os moradores da zona leste e a população da capital como um todo ganharam em março de 2010,  uma nova área para atividades de esporte, lazer, cultura, recreação e educação ambiental. O governador entregou  a Unidade de Lazer Engenheiro Antonio Arnaldo de Queiroz e Silva (Parque Jacuí), o primeiro núcleo do Parque Várzeas do Tietê no município de São Paulo.

O projeto do Parque, que terá 75 quilômetros de extensão, prevê outros 32 núcleos de lazer. Continue Reading Parque Jacuí: uma nova área para para esporte, lazer, cultura, recreação e educação ambiental para população da zona leste de São Paulo….

Alckmin tem a primeira reunião com secretários em 03/1/2011 – Confira o novo Secretário de Saneamento e Recursos Hídricos

06/01/2011 às 15:24 | Publicado em DAEE - Histórico | 2 Comentários
Tags:

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), teve a primeira reunião com os 26 secretários de estado na manhã de segunda-feira (03/01/2011). O encontro foi marcado para as 8h30 no Palácio dos Bandeirantes, na Zona Sul de São Paulo. O governador e os secretários tomaram posse em uma cerimônia no sábado (1º).

Durante seu discurso de posse, Alckmin deixou claro que pretende manter o mesmo modelo de gestão implantado pelos tucanos que o antecederam. “Volto ao governo na condição de construtor e herdeiro de um modelo de gestão consolidado”, afirmou. A reunião desta segunda deve servir para o governador passar algumas diretrizes para os novos secretários.

Confira todos os secretários, na ordem em que foram anunciados por Alckmin:

Casa Militar – Coronel Admir Gervásio

Direitos da Pessoal com Deficiência – Liamara Rizzo Battistella

Saúde: Giovanni Guido Cerri

Desenvolvimento – Guilherme Afif Domingos

Transporte e Logística – Saulo de Castro Abreu Filho

Transportes Metropolitanos – Jurandir Fernandes

Procuradoria Geral do Estado – Elival da Silva Ramos

Fazenda – Andrea Sandro Calabi

Planejamento – Emanuel Fernandes

Administração Penitenciária – Lourival Gomes

Segurança Pública – Antônio Ferreira Pinto

Justiça – Eloisa de Souza Arruda

Educação – Herman Jacobus Cornelis Voorwald

Emprego e Relações do Trabalho – Davi Zaia

Habitação – Silvio Torres

Meio Ambiente – Bruno Covas

Turismo – Márcio França

Saneamento e Recursos Hídricos – Edson Giriboni

Cultura – Andrea Matarazzo

Esportes – Jorge Pagura

Assistência e Desenvolvimento Social – Paulo Alexandre Barbosa

Desenvolvimento e Gestão Metropolitana – Edson Aparecido

Agricultura – João Sampaio Filho  

Energia – José Aníbal – 

Gestão Pública – Júlio Semeghini

Como a Secretaria a que o DAEE está vinculado se altera de Sec. de Estado de Saneamento e Energia  para  Sec. de Saneamento e Recursos Hídricos – veja o perfil do novo Secretário

 Saneamento e Recursos Hídricos  – Edson Giriboni
Edson Giriboni, nascido em 06/4/53 em Itapetininga –  São Paulo,   foi eleito deputado estadual pela primeira vez em 2006 e reeleito em 2010. Atualmente, é vice-presidente da Comissão de Finanças e Orçamento. Ex-presidente Comissão de Economia e Planejamento, foi membro efetivo da Comissão de Transportes e Comunicações. Foi vice-prefeito de Itapetininga por dois mandatos (1989-1992/2001-2004 – PV) e engenheiro da Ferrovia Paulista S/A (Fepasa) entre 1977 e 1999, sendo superintendente entre 1994 e 1999. É formado em Engenharia Civil pela Escola Politécnica da USP e Administração de Empresas pela Associação de Ensino de Itapetininga, cidade onde nasceu.

Edson Giriboni

DAEE – Investe na Gestão da Qualidade

26/05/2010 às 18:37 | Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário
Tags: ,

Gestores da Qualidade DAEE 2010

Foi realizado de 17 a 25/5, o curso Introdução a Gestão da Qualidade e 5S – Housekeeping, nas dependências do Centro Tecnológico de Hidraúlica. O curso que teve carga horária de 56 horas, foi planejado e organizado pela Diretoria de Desenvolvimento Organizazional/Divisão Técnica de Recursos Humanos, sendo  ministrado pela Fundação Carlos Alberto Vanzolini.  

Indicados pelas Diretorias do DAEE, participaram  32 servidores da capital e do interior que atuarão como multiplicadores. Para participação no curso, foram solicitados alguns requisitos :  liderança, pró-atividade, facilidade no relacionamento interpessoal, conhecimento sobre os processos de suas áreas, etc.    

Já pensando no futuro o DAEE pretende com essa iniciativa, além do investimento na capacitação do seu quadro de servidores, realizar ações e traçar metas que coloquem a Autarquia rumo a otimização de seus processos, a sua modernização e,  principalmente melhorar a qualidade de seus serviços e  atendimento diante de seu público interno e externo.  

Já houve uma iniciativa do DAEE (final dos anos 90) para implantação da Gestão da Qualidade na Autarquia,  porém sem êxito. Agora com o apoio e consultoria da Fundação Vanzolini, renomada nesse segmento;  o alicerce de uma abordagem teórica ampla; a capacitação de facilitadores;  o apoio da alta administração com o investimento em uma politica neste sentido e, também com o  apoio também dos gestores e servidores em geral,  temos certeza no sucesso deste processo. Segundo um dos slogans sugerido por um dos grupos durante o curso: “A qualidade depende de todos”.    

Dentro dessas mesmas premissas, foi realizado também pela Fundação Vanzolini no mês de abril, o curso de Gestão de Projetos, do qual participaram   30  engenheiros e técnicos do DAEE. O curso tinha por objetivo transmitir conceitos básicos e avanbçados de gestão e técnicas de administração fundamentados nos conceitos do Projetc Managemente Instituto, expostos no PMBOK.  

O curso da qualidade abordou temas como:  Histórico, Conceitos, Gurus da  Qualidade, Gestão por  processos, 5S-housekeeping, Ferramentas da Qualidade, Seis Sigma, ISO, sendo que ao final deste curso, ficou o compromisso acordado entre participantes e  a Fundação Vanzolini, da implantação no prazo de 30 dias de um projeto piloto do o “5S”  em alguma  unidade do DAEE. O objetivo:  aliar a teoria do curso com a  prática, para posterior atuação num processo macro no DAEE. Os curso foi ministrado pelos Prof (s): Mauricio Sócio, Marcos Pandolfi, Paulino Francischini.   

Os participantes trabalharam em grupo, aprenderam, discutiram, se atualizaram diante de novos conhecimentos e mesmo o vocabulário da Qualidade, ISO, entre outros, tendo sido uma semana proveitosa, além da oportunidade de integrar servidores da Capital e Interior.  

Os participantes e agora multiplicadores terão a partir dessa capacitação a missão de administrar está “oportunidade x desafio” e,  iniciar ações rumo a Gestão da Qualidade no DAEE. Uma tarefa árdua, mas também promissora se levado em conta o quanto as empresas e organizações que investem na qualidade tem melhorado seus serviços, produtos,  sua imagem perante os “clientes”, e no caso de empresas privadas, o aumento da lucratividade.  

Os participantes do curso que terão esta missão  no DAEE, são: Adilson (PET); Aline (DOF); Armando (DRH); Carlos (BMEC); Dalton (SRH/RHIP); Durvalina (BAT); Elaine (UGT); Erick (BPB); Fabio (BTG); Fernando (BPP); Gislaine (CAL); Heliana (DPO); Helio (BAOS); Ivan (PJU); Ivone (SRH/RHAP); Jefferon (STI); Jorge (SOM); José Roberto (BPG); Micali (DEO); Katia (BPP); Leonildo (BMT); Magali (CGE); Margarete (CTH); Fátima (BPB); Maria Isabel (SRH/RHPS); Silvia (SRH/RHPS); Meire (SRH/RHSD); Renato Fernandes (BBT); Renato Gonçalves (BRB); Silene (SAU); Veronica (ADA); Wagner (DSD); Walter (LCO).     

  

O Radar Meteorológico e o SAISP – Sistema de Alerta às Inundações no Estado de São Paulo

19/02/2010 às 17:13 | Publicado em Sem categoria | 2 Comentários
Tags: , ,

O Radar Meteorológico localizado na Barragem de Ponte Nova:

A barragem de Ponte Nova, localizada no município de Biritiba Mirim, Estado de São Paulo, foi o local escolhido para a instalação do radar de São Paulo. Instalado em 1988 na barragem de Ponte Nova (município de Biritiba-Mirim) cabeceria do Rio Tietê, o raio de cobertura do radar é de 240 km, com resolução de 2×2 km ou com raio de 120km com resolução de 1×1 km.

Na época, estudos comparativos avaliaram duas áreas possíveis para a implantação: Morro do Anemógrafo e Marco Gegran. Foram realizados levantamentos para avaliar as interferências existentes nos dois casos. Em função deste estudo, concluiu-se pelo local mais apropriado para a implantação do radar: o Marco Gegran, o radar foi instalado nas seguintes coordenadas:

latitude: x = 400,80 km (23º 36‘ 00? S)

longitude: y = 7.389,70 Km (45º 58É 20? W)

altitude: z = 916 metros (DATUM IGG)

A torre do radar é metálica, e possui 9 metros de altura. Ela suporta a antena do radar banda S (comprimento de onda alpha = 10 cm)

O local onde está instalado o radar é sujeito a grandes descargas atmosféricas, que provocaram, durante a fase de operação experimental, várias avarias nos equipamentos de operação do radar. Para solucionar esse problema, foi projetada pelo Departamento de Engenharia Elétrica da Escola Politécnica da USP uma gaiola de Faraday. Esta gaiola, construída em 1989, abrange as salas do radar e de operação do sistema. É composta por uma tela blindada e as aberturas são isoladas por portas de aço. As entradas e saídas elétricas, telefônicas e fiação de controle da antena são protegidas por centelhadores e pára-raios de linha, que estão eficientemente aterrados. Para a proteção do prédio e o anexo onde se encontra o sistema de “no-break” foi projetada e executada uma pseudo-gaiola de Faraday. Com essas providências, os danos foram reduzidos ao mínimo e a operação e eficiência do sistema foram aumentadas com a redução significativa de manutenção dos equipamentos.

CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS:

Radar Banda S

Freqüência:  2.7 a 2.9 GHz

Marshall – Palmer:  Z=200R1,6 (1947)

O princípio de funcionamento do radar meteorológico é análogo ao sistema de navegação de um morcego. O morcego emite sons de alta freqüência que ao serem interceptados por obstáculos retornam ao ouvido do morcego. Quanto mais rápido o som retornar, mais perto estará o obstáculo e quanto mais distante este estiver, mais demorado será o retorno. Desta forma, o morcego é capaz de avaliar a distância ao obstáculo e se desviar do mesmo antes da colisão. Continue Reading O Radar Meteorológico e o SAISP – Sistema de Alerta às Inundações no Estado de São Paulo…

Creche (CCI) e Recanto Infantil (RI) – um serviço que fez a diferença na vida de muitas crianças e mães.

12/02/2010 às 17:22 | Publicado em Sem categoria | 1 comentário
Tags: ,

Aqueles que não conhecem,  a Secretaria (que mudou de nome ao longo dos últimos governos) ao qual o DAEE está vinculado,  no inicio da década de 80 implantou o Centro de Convivência Infantil Antônio Roberto Mauês  – CCI,  que tinha por finalidade abrigar os filhos de servidoras com idades até 07 anos. Na época Secretaria de Obras e do Meio Ambiente, criou o CCI através do Decreto n. 17.598 de 21/08/1981.

Diante disto várias servidoras do DAEE se utilizaram deste beneficio, deixaram seus filhos aos cuidados dos profissionais que lá atuavam. Na época o DAEE tinha em torno de 5000 servidores e a demanda por vaga era maior do que eles tinham condições de atender, tornando o serviço muito procurado e disputado. Devido a isto as mães durante a gravidez já faziam sua inscrição, entrando numa espécie de lista de espera, o que algumas vezes só era atendida muito depois do nascimento do seu filho. 

No inicio este serviço era realizado na Rua Riachuelo, 12º andar, em salas adaptadas, com varanda externa para as crianças tomarem sol sendo as crianças sempre muito bem cuidadas.  Depois da construção de local específico e apropriado para o atendimento às crianças o atendimento passou a ser realizado na Rua Riachuelo, próximo ao pátio do estacionamento, atrás do Fórum João Mendes.

O CCI da nossa Secretaria era uma referência neste tipo de serviço a todas as Secretarias em todo estado de São Paulo, pois sempre contou com um grupo de profissionais muito competentes e dedicadas. A equipe era multidisciplinar,  formada por Diretora, médico, psicóloga, fonoaudióloga, pedagoga, assistente social, estagiários e  óbvio as “tias” que sob a orientação da equipe técnica cuidavam das crianças.

A creche quando foi fundada teve como sua primeira diretora: Mariazinha, (Maria das Graças Richardelli) que como administradora empreendedora teve papel primordial para a implantação e manutenção da qualidade dos serviços do CCI.  Competente, enérgica, pioneira, foi sucedida por outras profissionais de igual talento: Cristina, Vera, Wanda e Zirleide.

O Centro de Convivência teve um papel fundamental na vida de muitas servidoras/mães, que Continue Reading Creche (CCI) e Recanto Infantil (RI) – um serviço que fez a diferença na vida de muitas crianças e mães….

Parque Nascentes do Tietê e os servidores João dos Passos e Gastão Gonçalves.

09/02/2010 às 1:27 | Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário
Tags:

Inaugurado em 22 de setembro de 1996 – “Dia do Rio Tietê” por meio de uma parceria que reúne o Governo do Estado de São Paulo, através do DAEE e a Prefeitura Municipal de Salesópolis, o parque localiza-se naquele município na região de Mogi das Cruzes. 

Com 1,34 milhão de metros quadrados, o Parque Nascentes do Tietê preserva e valorizam as nascentes do Rio Tietê e a diversidade da flora e da fauna, características de seu entorno e permite que a sociedade, escolas, empresas e entidades ambientalistas tenham a oportunidade de aprender sobre educação ambiental através de visita monitoradas.

O Parque Nascentes encontra-se sobre morrotes e morros cobertos por Mata Atlântica, com diversidade de fauna e flora, possuindo como atrativos: observação das nascentes do rio Tietê, visitas monitoradas e educativas em 04 trilhas (da Nascente, da Araucária, da Pedra e do Bosque),   um belo museu iconográfico com fotos sobre diversos aspectos do Rio Tietê: rio limpo, muito poluído, o tempo em que era navegável e onde se realizavam competições,  histórico sobre o rio, as cidades por onde percorre, a eclusa de Barra Bonita e ainda uma sala das águas – onde  através de vidros parecidos com tubos de ensaio, se analisa e observa a qualidade das águas (veja vídeo abaixo). Após a extração de amostras de água Tietê, a cor da água vai se alterando de acordo com os municípios por onde o rio percorre:  Salesópolis, São Paulo, Pirapora, Salto, Tietê, Barra Bonita etc. Muito interessante e didático de ser ver, além das belas fotos ilustrativas do rio observadas no museu iconográfico.

Atualmente o Parque conta com o trabalho de dois servidores Gastão Gonçalves – Coordenador e Responsável pelo Parque e João dos Passos, ambos servidores do DAEE.  Recebe mensalmente como visitante em torno de 2000 pessoas, tendo recebido desde sua inauguração até o momento, mais de 500.000 visitantes. 

Estivemos no final de 2009, visitando o Parque, e através da visita pudemos perceber que para se atuar numa área como esta há necessidade de vocação, além de se gostar e respeitar muito de meio ambiente, como é o caso deste dois servidores. Desprovidos de telefone, computador, internet, transporte público – pois a região não permite a instalação deste tipo de tecnologia ou serviço, cabe aos dois a orientação aos estudantes e visitantes do Parque, orientando e valorizando a fauna e flora local, além obvio de explicações sobre o Tietê, sua nascente e a importância para região e estado de S.Paulo.

Segundo eles o Rio Tietê é um rio atípico, pois embora nasça na serra do mar, a apenas 22 km do oceano, ele corre para o interior por mais 1100 quilômetros, até desaguar no Ri Paraná em Itapura, após banhar 62 municípios paulistas.  Essa característica, que o distingue dos demais rios brasileiros, fez do Tietê a primeira rota de penetração para o interior do continente, já no inicio do século XVI, usada por aventureiros que desbravaram os sertões, fundando povoados ao longo de suas margens, e que deram ao Brasil o território que tem hoje.    

As visitas no Parque ocorrem todos os dias das 8 às 17 horas, sendo seu endereço: Estrada do Pico Agudo, s/n. (Km 6) Bairro Pedra rajada, Salesópolis, SP. Maiores informações podem ser obtidas através do site: www.daee.sp.gov.br/parques.   

Retomando, os dois servidores que prestam serviço no Parque são dignos de muito respeito, não só do DAEE, mas Continue Reading Parque Nascentes do Tietê e os servidores João dos Passos e Gastão Gonçalves….

DAEE organiza Workshop Técnico: “Plano Diretor de Macrodrenagem da Bacia do Alto Tietê”.

16/12/2009 às 15:58 | Publicado em Sem categoria | Deixe um comentário
Tags:

Realizado no último dia 14/12 – das 14h30min às 19h30min no Auditório Francisco Romeu Landi da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo, o workshop técnico – “Plano Diretor de Macrodrenagem da Bacia do Alto Tietê” contou com aproximadamente 250 participantes de vários segmentos da sociedade: Representantes da Prefeitura de São Paulo, Prefeituras dos Municípios da grande São Paulo e Interior, Empresas Púbicas e Privadas, Consultores do ramo, Estudantes e Técnicos do DAEE.

O evento teve como objetivo discutir o Plano Diretor de Macrodrenagem da Bacia do Alto Tietê – PDMAT, que foi elaborado em 1998 pelo Governo do Estado de São Paulo em parceria com as prefeituras da região metropolitana. Os programas e obras decorrentes têm hoje grande impacto no controle e combate a enchente. Uma das premissas fundamentais para o sucesso e a continuidade do PDMAT é o constante monitoramento dos resultados, da incorporação de novas técnicas e a implementação de novas ações. O evento buscou possibilitar um debate técnico acerca da temática “Drenagem Urbana da Região Metropolitana” e, definir os caminhos para as novas intervenções integradas do Estado em parceria com os Municípios através de apresentação de trabalhos de autores e especialistas na matéria.

A Secretária Dilma Seli Pena e o Superintendente Ubirajara Tannuri Felix, expuseram as ações que vem sendo realizadas pelo DAEE no controle e combate a enchentes para cada vez mais melhorar a qualidade de vida da população. Foi ressaltado pela Secretária Dilma que muito há de se fazer nesta questão, devendo ser este, um compromisso de todos os cidadãos e prefeituras, para que as obras planejadas, serviços de manutenção e limpeza de córregos e rios, tenham continuidade sempre.

Próxima Página »

Blog no WordPress.com. | O tema Pool.
Entries e comentários feeds.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.